Resenha | O destino de Adhara (Licia Troisi)

Nenhum comentário
Quando você ama um autor, passa por 2 processos conflituosos: o de querer ler todas os lançamentos dele imediatamente e o de ter medo de se decepcionar com o próximo livro. E esses dois processos convivem com tanta briga, que é possível que aconteça com você o que aconteceu comigo: passei 6 meses tomando coragem para ler O Destino de Adhara, livro que inicia a 3ª trilogia de Licia Troisi.

E, logo nas primeiras 100 páginas, pensei que tinha em mãos, realmente, uma decepção. A autora se destaca em seus livros por criar protagonistas autênticas e desenvolvê-las até o limite, ultrapassando qualquer estereótipo que o leitor imaginas. Mas a Adhara que dá as caras nesse primeiro livro parecia incapaz de cumprir esse processo junto com todas as outras protagonistas criadas pela Troisi.

E tudo começa, claro, do principio. Adhara é uma personagem sem passado e todo o mote de O Destino de Adhara se baseia nessa procura constante pela própria história. Afinal, a jovem acorda em um campo deserto, sem saber o próprio nome nem de onde veio. Acorda confusa, mas, principalmente, querendo respostas.

E, pelo menos durante todo esse primeiro livro, tudo o que ela procura fazer é remontar as peças do passado, ainda que não encontre nada significativo. Quem a ajuda neste processo é Amal, um jovem cavaleiro de dragão que também tem um histórico nebuloso e complicado.

O caso é: se nas primeiras 100 páginas eu sentia que a protagonista seria uma grande decepção, e também não enxergava como a autora iria desenvolver a história do Mundo Emerso a partir de uma personagem tão fraca, essa impressão mudou logo em seguida. A partir do meio de O Destino de Adhara fica claro que os planos para a personagem são imensos, e o leitor não consegue nem imaginar o que vai acontecer em seguida.

Primeiro, o destino dessa jovem moça está entrelaçado de maneira catastrófica (de um lado) e romântica (de outro) com o de Amal. E esse mote transforma completamente a impressão do leitor sobre esse primeiro livro, porque o histórico que Troisi cria para os dois é extremamente necessário para desenvolver o resto da história.

E que história, viu! É uma coisa que você perceberá melhor nas minhas próximas resenhas relacionadas a Lendas do Mundo Emerso, mas posso lhe adiantar logo de cara agora. A autora surpreende nesse livro principalmente por fazer a história avançar de um jeito que não tem igual!

E, claro, como toda boa história do Mundo Emerso, não podia faltar aquele toque "terráqueo" para a fantasia medieval da Troisi. Neste livro, além de todo o dilema da protagonista, também nos deparamos com o avanço de uma doença letal por todo o mundo, uma doença que estudamos bastante na história e conhecemos bem: a peste negra.

É incrível como a autora consegue criar esse paralelo maravilhoso em seu mundo de fantasia! Ao mesmo tempo que é doloroso ver o avanço da doença, também percebemos o quanto ela será decisória no desenvolvimento da trilogia. E isso cria uma expectativa imensa (que, sim, a autora consegue suprir bem).

Outro destaque fica para a narrativa da Licia Troisi. Mesmo nas 100 primeiras páginas do livro, que foram lentas e aparentemente sem rumo, a narrativa de Troisi sobressai. Altamente descritiva e cuidadosa, é impossível você não se sentir inserido em qualquer cenário proposto por ela; e isso é muito bom.

Por outro lado, toda essa lentidão transformou o primeiro livro da série em um prelúdio necessário, mas levemente entediante. A protagonista estagnada, os mistérios se acumulando, e até mesmo o poder inexplicável de Amal deram a obra a cara de "livro 4 estrelas". Bom, mas podia ser melhor.

Além disso, como um bom livro de alta fantasia medieval, com sua característica linguagem um tanto rebuscada e narrativa descritiva, O Destino de Adhara pode não ser uma leitura para qualquer um. É possível que algumas pessoas considerem o livro mais chato do que realmente é, ainda que a narrativa da autora seja fluída e gostosa de acompanhar.

Finalmente, O Destino de Adhara é como o prelúdio de uma tempestade. Começa calmo, quase parando, mas ganha uma força enorme durante o passar das páginas e deixa o leitor curioso para os próximos livros da trilogia. Quem ama uma boa fantasia medieval e gosta de personagens bem construídos não pode perder a obra que Licia Troisi construiu com tanto esmero!

Você gosta de fantasia medieval e literatura fantástica tanto quanto eu? Se tem algum livro do gênero que você recomenda, pode deixar nos comentários! Adoro sugestões e estou sempre aberta para novas leituras! ❤
Quer apoiar um pouquinho mais o blog? Compre através dos links abaixo ❣
Amazon - Livro físico    |    Livraria Cultura  - Livro Físico   E-book  

O Destino de Adhara
Trilogia Lendas do Mundo #1
Autora: Licia Troisi
Editora Rocco
399 páginas
Skoob
Nota  ★★★★☆ | 4 de 5 estrelas
Sinopse: Adhara acorda no campo. Ela não consegue se lembrar como chegou ali, onde está, mas, acima de tudo, ela não lembra quem é. Enquanto vaga por um mundo desconhecido ela descobre aos poucos que possui poderes incomuns. Ela conhece Amhal, um jovem aprendiz de Cavaleiro de Dragão perturbado, que está pronto a ajudá-la a descobrir quem ela é, mas uma ameaça nova e escura vinda de um passado remoto e esquecido, está rondando o Mundo Emerso, depois de 50 anos de paz e prosperidade.
O destino de Amhal e Adhara está cada vez mais entrelaçado com as forças que tencionam destruir o Mundo Emerso.

Nenhum comentário :

Postar um comentário