Parceria | As Sete Luas (Salustiano Souza)

Um comentário
Saudações!

Meu orgulho pela literatura brasileira tem crescido bastante nos últimos tempos. Claro, ainda lá uns livros não tão bons espalhados por ai - nossas editoras precisam amadurecer bastante! -, mas me empolgo sempre que vejo o lançamento de um autor que adorei. No caso de Salustiano Souza, autor de O Eterno Barnes, o que me deixa ansiosa pela leiura mesmo é seu enredo diferente: sei que o que vou ler não será um mais do mesmo recheado de expectativas frustradas. E o que dizer desse próximo livro do autor? Já estou esperando aqui, de joelhos, o carteiro chegar pra eu partir pra leitura <3

O primeiro livro do autor foi publicado pelo selo Novos Talentos da Novo Século. Fiz resenha, aqui. O seu segundo livro, As Sete Luas, promete trazer para o leitor uma brasilidade que é rara de ser vista entre as páginas de livros atuais, e o enredo se passará numa tribo indígena. Já amei <3


Autor: Salustiano SouzaEditora Giostri
Lançado em agosto
190 páginas
Compre aquiSkoobSinopse: A Usina de Belo Monte, no Pará, norte do Brasil, está sendo erguida rapidamente. Uma grande área de terra será inundada, trazendo incalculáveis prejuízos para a natureza e para os povos da região. Uma remota aldeia indígena é descoberta nessas terras, eles são diferentes, pois não querem contato com os brancos e não querem sair de suas terras.
A justiça determina que um agente do governo negocie com esses índios, para convencê-los a sair pacificamente. Um Capitão do Exército é designado para a tarefa. Ao chegar à aldeia ele tenta convencer o Pajé, dizendo que ele é o líder daquele povo e poderá decidir o destino deles. O Pajé então lhe pergunta:
- E se você pudesse decidir nosso destino?
Então ele explica ao aturdido Capitão:
- Teremos sete noites de lua cheia, e nessas sete noites você ficará conosco, viverá como nós, será índio como nós, e no final você decide nosso destino!
Um romance sensível e humano, onde a cobiça do homem “civilizado” contrasta com a pureza do coração, onde a avareza não mede limites para se impor de forma abrupta e violenta sobre a inocência pura encontrada ainda em estado bruto.

Para quem está interessado em conhecer também um pouco mais sobre o autor, eu já falei um pouco sobre ele no post de apresentação da parceria, aqui. Advogado radicado em Joinville, o ponto forte do autor é trazer suas histórias para o Brasil, algo que sempre me empolga. Sinto falta de livros nacionais que tenham como cenário o Brasil, e fico me perguntando por que um brasileiro escreveria um livro com cenário de um país que nunca esteve - dúvida cruel.

Um comentário :

  1. Parabéns pela parceria!
    Não li ainda nada do autor, mas sempre leio resenhas boas sobre o trabalho dele.
    bjs, Rose.

    ResponderExcluir