Evento | Virada da Educação em Salvador

2 comentários
Saudações!

*Fotos dos organizadores do evento
O suburbio de Salvador foi palco da solidariedade e educação no último sábado, 26. A Praça do Sol, uma das principais praças de Periperi, recebeu a Virada da Educação, evento com mais de 30 atividades para crianças e adultos, organizado por cerca de 100 jovens voluntários que tinham a proposta de "levar educação e conectar as pessoas a espaços que são delas". Embalado pela musicista Lara Nunes e sua banda, a manhã já começou animada com crianças aproveitando o pula-pula instalado e participando de aula de yoga e street dance.


E para quem acha que voluntariado jovem não faz diferença no mundo, essa ação foi a prova concreta que faz sim - e muito. Alan Carvalho, engenheiro de 25 anos e um dos organizadores do evento, explica que a escolha do local do evento não foi aleatória. "O suburbio é um lugar carente de ações que venham trazer cultura e valorização da beleza e cultura negra", afirma.

Dentre as atividades estavam oficinas de construção de brinquedos, coral, palestras e oficinas de turbantes. O entusiasmo de quem participava era visível, e ia crescendo. Bem por acaso me sentei junto de 4 meninas com cerca de 10 anos para conversar um pouco. Todas estavam aguardando a oficina de turbante. "Podemos participar de todas as atividades, tia?", Vitória, a mais nova das garotas, me perguntou. Julia estava ansiosa para trançar o cabelo - outra das atividades gratuitas - enquanto Tailane e Jéssica me contavam que participam de aulas de dança na Fundação Cidade Mãe e ensaiaram uma coreografia para estrear na aula de Street Dance que rolaria mais tarde na Virada.



E a Virada virou mesmo. Virou festa, virou palco de aprendizado e teve capoeira e meninas lindas com as cabeças coloridas por turbantes. Foram aulas de programação de aplicativos mobile, solicitadas pelos próprios jovens aos organizadores do evento, e mais. Monique Araújo, 22 anos, estudante de Administração da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e uma das organizadoras da Virada afirmou que esse foi apenas o primeiro evento de muitos. "Já temos várias atividades programadas, só falta saber o novo local e quando".

Por enquanto, basta colher os frutos de um evento tão bem recebido pela população. Quanto a mim, estarei acompanhando as próximas Viradas, esperando que outras Luzias e Marias Angélicas deem um sorriso para mim da mesma forma que deram no sábado, agradecendo aos 100 jovens que levaram para uma área isolada - e muitas vezes desconhecida - de Salvador a festa, brincadeira e conhecimento.


Evento: Virada da Educação - Salvador 

Começou em São Paulo no ano passado, e esse ano foi realizado no seu estado de origem e também em Salvador.
Data: 26/09
Local: Praça do Sol, Periperi
Para estar atento a novas ações: Fanpage Virada da educação Salvador

2 comentários :

  1. Olá

    Achei a iniciativa bem legal. No mês passado, eu fui cobrir um evento cultural parecido. Parabéns pelo texto. Gostei muito.

    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, eu sou de Salvador, não pude ir nesse evento e lamento muito, pelo visto foi enriquecedor. Parabéns pela disposição em se voluntariar e fazer isso com as intenções certas: ajudar o próximo. Adorei!

    Beijos!
    Vale a pena assistir Scream Queens?

    ResponderExcluir