Resenha | Por que Eu? (Sinélia Peixoto)

Nenhum comentário
Ás vezes, enquanto leitores, não percebemos o quão quadrados e enquadrados são os livros que nós lemos. Não percebemos que são verdadeiras produções em massa, que atingirão determinado público através da forma como narram uma história. Comecei a divagar sobre isso enquanto lia Por que Eu?, da autora nacional Sinélia Peixoto, e achei engraçado como meu cérebro tentava classificar o livro nos gêneros literários que já conheço - seria um new adult? Um romance erótico? Um drama? O que é Por Que Eu? e por que ele me intrigou tanto durante suas quase 500 páginas?

A história de mulheres fortes para mulheres fortes, esse é um resumo curto do que Sinélia Peixoto construiu durante sua narrativa. Não é muito dificil passear pelas páginas de uma história que você possivelmente já viu várias vezes, em várias pessoas. Elizabeth, a protagonista de Por Que Eu? de fato poderia ser qualquer uma, sua mãe ou até sua tia - desconfio que a própria autora. E tudo começa com um dilema.
Aos 28 anos, Elizabeth percebe que nada em sua vida está como ela gostaria. Solteira, trabalhando num local que não é exatamente onde queria e sem mais perspectivas de mudança, ela decide que o seu ano de 2013 será diferente e rola toda aquela rotina de promessas na chegada de um novo ano. E ai ela conhece Antônio, um advogado de sucesso que também estava viajando com os amigos para aproveitar a passagem de ano. Começar o ano já conhecendo o amor de sua vida é, definitivamente, começar com o pé direito.

Beth e Antônio passam por tudo que um casal tradicional costuma passar. Desconfiança, conhecimento, amor e sexo. O casamento e filhos vêm logo em seguida. Talvez por isso esse livro seja para um público muito especifico. Não imagino um homem lendo Por Que Eu? e curtindo a leitura. É algo que vai muito do universo feminino, das dores e problemáticas de ser mulher, e talvez a essência do livro esteja realmente nessa conversa com seu público especifico.

Eu não saberia dizer se gostei ou não da leitura, justamente por não fazer parte exatamente desse público-alvo leitor. Sou mulher, sim, mas não a mulher para o qual o livro fala. A narrativa em si poderia ter sido mais ágil, o caminho rumo ao final poderia ter sido encurtado também, mas há um beleza na forma como a autora entrelaça diversas histórias em um único eixo narrativo. Não é só Beth. É Beth e Karen, é Leka, e todas as outras amigas da protagonista, com problemas que dizem muito do universo feminino.

Algo que me incomodou foi a sinopse do livro. Senti que tudo foi entregue logo nessa sinopse, tirando um pouco do leitor aquele momento da descoberta, aquela trajetória linear por uma história que você desconhece. Mas o final deixou a abertura perfeita para o próximo livro da trilogia, e vamos ver o que nos aguarda!
Trilogia do Eu
Livro 1
Autora: Sinélia Peixoto
Chiado Editora
493 páginas
Skoob | SITE
Nota 7/10 | 3/5
Sinopse:
Por Que Eu? - Elizabeth é uma mulher de 28 anos, de Brasília, que decide começar o ano de 2013 de forma diferente. Estagnada? Podemos dizer que sim. Sem perspectiva de mudanças? Também! Ela busca algo melhor para si, por isso vai a Porto Seguro passar o réveillon com as amigas para encerrar uma fase de sua vida e dar início à outra, mais adulta e com muitos desafios. Lá, ela conhece Antônio, uma advogado também de Brasília. Eles curtem juntos e quando voltam a Brasília começam um romance. Elizabeth está se descobrindo. Ela pede demissão de seu emprego e começa se dedicando aos cursinhos para concurso. Antônio já é estável e independente. Quem é ela? Ela se pergunta e comparada a ele, ela se acha um Zé Ninguém. Ela se sente perdida em meio à tudo que tem que aprender e descobrir sozinha. Ela é uma pessoa honesta e sincera consigo mesma; luta para se analisar e se entender sempre; ele quer ajudá-la profissionalmente. Ele quer mais! Ela luta contra ele, tenta não se entregar, luta para ser honesta consigo mesma e aprender mais sobre si mesma sempre. Eles se casam, apesar de Elizabeth colocar empecilhos e juntos têm dois filhos. O primeiro livro desta trilogia é sobre esse primeiro momento, no qual os dois estão se descobrindo, ela buscando se profissionalizar, ele aprendendo com ela a se abrir mais, se conhecer, a filosofar, a analisar sua vida, seus pensamentos e a ser honesto consigo mesmo. Os dois buscando um relacionamento cada dia melhor, aprendendo sobre o casamento e também buscando o que os satisfaça sexualmente. Eles se dedicam muito à vida sexual do casal, aprendem sobre o corpo do outro, sobre os gostos do outro; se conhecem e melhoram juntos, com carinho, dedicação e atenção. É um livro no qual Elizabeth discute muito consigo mesma, tenta entender suas neuroses, tenta se descobrir sexualmente e descobrir como é o casamento, a gravidez, a vida a dois e sua luta por melhoria profissional. Com um final muito triste e cheio de esperanças para o próximo livro.

Nenhum comentário :

Postar um comentário