Resenha | Nick of time - Uma aventura pelo tempo (Ted Bell)

Nenhum comentário
Nick of Time promete muita aventura, água do mar e piratas do mal para quem adora um infanto-juvenil tanto quanto eu. E imagine quando tudo isso é misturado com uma boa dose de magia... e viagem no tempo! Se você acha que já viu de tudo nesses 7 mares, é porquê ainda não conhece as proporções estranhas que uma história sobre piratas pode tomar quando misturada com viagens no tempo e cachorros de estimação em perigo. Tudo bem, o livro poderia ter sido bem melhor do que foi, mas alguns quesitos tornam essa leitura a ideal para quem procura uma aventura sem compromissos.

                Inglaterra, 1939. A guerra ainda era uma sombra muito leve e traiçoeira no continente europeu, quando o pequeno Nick brincava de ser um grande navegador em seu navio. A “brincadeira” de seu pai parecia ainda mais divertida, apesar de séria: observar pássaros. Pássaros que na verdade eram aviões de caça e os temíveis submarinos, armas de guerra que pareciam estar se espalhando pela Inglaterra sem aviso prévio – e sem ações que protegessem o território britânico dessa invasão lenta.


O papel do pai de Nick é relatar a Churchill esses perigos iminentes, de forma que em algum momento consigam provar ao governo inglês o perigo que o país está correndo, e a urgência do preparo para o pior. E então o pai de Nick é expulso do lugar que mora por desconfiarem de suas atividades como espião, e só resta ao pequeno Nick e sua irmã continuar com a nobre missão. Parece fantástico demais? Isso não é nem o começo.

Com a saída dos pais de onde moram, Nick e sua irmã permanecem numa pequena ilha dentre as outras da Ilha do Canal, aos cuidados de um grande amigo de família, um senhor que já serviu ao exército e tudo. E é então que as coisas desandam quando Nick encontra um baú, como aqueles que guardam tesouro, com o seu nome grafado nele. As coisas ficam ainda mais esquisitas quando dois piratas bem estranhos aparecem na ilha com suas presenças no mínimo tenebrosas, com direito a pensar que eles são fantasmas ou algo do tipo – por causa de suas habilidades em desaparecer dos lugares do nada. Quando os mesmos sequestram o leal cachorro de Nick, então, é a gota d’água. Tudo está conectado: os piratas sequestraram o cachorro porque querem de Nick aquele estranho baú. O que pode acontecer a partir dai? As maiores loucuras que você puder imaginar.

Enquanto caminhamos na leitura de Nick of Time – Uma aventura pelo tempo, é impossível não lembrar de outro também ambientando entre piratas e mares: Caçadores de Tesouros, um infanto-juvenil que encantou meu ano de 2014. No entanto, Nick of Time tem alguns problemas em particular, a começar pela sua proposta. Explico. Apesar seu título dizer que o livro é sobre viagem no tempo, a mesma só vai aparecer lá para a metade do livro. Okay, okay, talvez eu seja um pouco impaciente, mas isso me deixava meio irritada ás vezes. Mas quando tudo começou a se explicar e as viagens começaram a acontecer... Ai sim o livro ficou bom! Faltou, talvez, um pouco de “realidade” na personalidade de Nick, mas nada grave. Só era totalmente inacreditável uma criança de 12 anos conseguir navegar entre os mares tão bem a ponto de ser o salvador de uma embarcação 2 séculos atrás (enquanto viajava no tempo, mas é claro!).


O enredo não possui nada de tão espetacular, mas sabe prender o leitor. Os mistérios vão se acumulando aos poucos, e é impossível não correr na leitura em busca de respostas. O autor não é dos melhores, em outros quesitos, mas no quesito mistério ele se saiu muito bem. Imagino que se ele trabalhar um pouco mais na construção de personagens, os próximos livros serão ainda melhores! Se recomendo Nick of Time? Caso você goste de piratas e de infanto-juvenis, prepare sua xicara de chá e mergulhe nessa aventura. Não espere muita coisa, apenas uma distração para sua tarde do próximo final de semana. 


Autor: Ted Bell
Editora Novo Século
336 páginas
Skoob
Nota 4/5 - 8,5/10 
Sinopse: Nick of Time - Mantendo a tradição de romances épicos como A ilha do Tesouro, de Louis Stevenson, esta é uma história maravilhosa de viagem no tempo, aventura e riquezas, na qual um menino de 12 anos, Nicholas McIver, se expõe para se tornar “o herói da própria vida“.
O livro traz um protagonista chamado Nicholas McIver, 12 anos, que tem de enfrentar inimigos cruéis em dois séculos diferentes, em terra e no mar, para ajudar a derrotar aqueles determinados a destruir seu lar e sua família.

Nenhum comentário :

Postar um comentário