Resenha | Louco por você (Jasinda Wilder)

3 comentários
Saudações!
Mais uma resenha para vocês. Para quem gosta de romances eróticos / New Adult, confiram minha opinião sobre o romance da Jasinda Wilder! 



Autora: Jasinda Wilder
Editora Novo Conceito
272 páginas
Nota: 7  |  3/5 estrelas
Skoob
Sinopse: Nell e Kyle são amigos desde a infância. Sempre fizeram tudo juntos, então ela nem se lembra de quando se tornaram realmente um casal. Quando Kyle morre da forma mais repentina, o mundo de Nell é lançado em um abismo de incertezas e dor. É quando Nell conhece Colton, irmão de Kyle e até então um completo desconhecido para ela. Estranhamente, é como se Colton a conhecesse há muito tempo... é como se ele a conhecesse por dentro. Ambos passam, então, a lutar para seguir em frente da melhor maneira possível. Nell, sufocada pelo peso da culpa.Colton, lutando contra a força que o arrasta em direção a ela... Cada um à sua maneira, os dois precisam desesperadamente encontrar o sentido da cura e do perdão. Em Entre a paixão e a dor, Jasinda Wilder combina o calor do desejo com a angústia, a perda da inocência, o luto e as tentativas de recomeço. O resultado é uma viagem ao mesmo tempo sensual e melancólica que ficará gravada em sua pele muito tempo depois que esta história terminar.

Eu esperava muito mais de Jasinda Wilder. Muito mesmo. Não porquê eu tenha lido alguma resenha positiva sobre sua obra, ou algo do gênero, mas pelo simples fato da sinopse de Louco por Você parecer ser exatamente aquilo que eu precisava no momento. Bem, me enganei. Decepção soa uma palavra forte, mas é o que senti após virar a última página do livro.



Nell e Kyle são o casal perfeito. Sabe aqueles dois amigos, que andam sempre juntos, e todos dizem que formam um belo casal? Eis ai Nell e Kyle. Porém, o namoro dos dois durou muito menos do que todos esperavam, após o fim trágico da vida de Kyle. Como melhores amigos desde muito novos, Nell teve lidar com duas perdas em apenas uma: perdeu seu melhor amigo e o amor de sua vida num acidente trágico. Dentre outras coisas, ela se sente culpada pela morte prematura de seu namorado, que estava prestes a pedi-la em casamento. Então, aos 18 anos, ela descobriu o verdadeiro sentimento de perda e precisou de muita força para continuar seguindo em frente, apesar de não usar da estratégia mais inteligente para isso.

Alguns poucos anos depois, ela está mudada. Em uma cidade diferente, com estilo de vida diferente, mas com a mesma dor latente da época em que seu namorado morreu. Quando ela reencontrou Colton, irmão mais velho de Kyle, de repente ela passou a sentir coisas que, enquanto achava errado sentir, também soavam mais fortes do que o que ela sentia por Kyle. A culpa a corróia. O passado também destroi lentamente o coração de Colton, que passou por muita coisa complicada, desde o abandono do pai até morar na rua e envolver-se com crime. Sim, os dois juntos não soa certo - afinal, como alguém afogado em mágoas pode ajudar outro que também engole com dificuldade tudo que a vida lhe fez passar? Complicado. Mas aconteceu. 


O que rola entre os dois eu não sei dizer se, inicialmente, era só paixão ou amor, de fato. Colton se diz apaixonado por Nell desde quando a conheceu de vista, anos atrás. Nutrir um amor por tantos anos soa incongruente, mas foi o que ele fez. Já Nell, se tornou algum tipo de bêbada que procura ignorar tudo e todos que estão ao redor. Talvez esse tenha sido o primeiro passo para que a relação dos dois avançasse: Colton quer salvá-la de algo que ele já passou. Ele também sabe o que é sentir dor, cair bêbado na rua após uma noite tentando apagar o que a lembrança insiste trazer, e cortar a própria pele como forma de extravasar a dor. Ele sabe, e reconhece que tudo isso é errado, por isso quer ajudar Nell a sair daquele poço que ela continua cavando para cada vez mais fundo. 


Tudo bem, essa história soa linda e fofa, e talvez seja. No entanto, a autora não me convenceu em nada, do inicio ao fim. Sua escrita é um vai e vem inconstante, um pouco confusa. Os diálogos dos personagens ás vezes soam incongruentes e irreais. E é isso: é um livro de ficção que parece muito com a ficção. Você não consegue sentir algo real naquilo tudo que os personagens dizem ou fazem. Além disso, senti que classificar o livro como um New Adult foi meio errado. Louco por Você se parece com um NA, mas soa muito mais como um erótico, se formos parar para pensar na importância que o sexo e as relações sexuais tinham na história. Não que isso seja ruim. Gosto de eróticos; só estou explicando que, se você espera algo do porte de No Limite da Atração, um New Adult de respeito, vai acabar se decepcionando. Apesar disso, a leitura flui rápido, e talvez esse seja o ponto mais positivo do livro. 


A leitura de Louco por Você será mais agradável se você não nutrir grandes expectativas nele. Não digo que o livro é ruim, mas com certeza ele não está entre os melhores, muito menos entre os que eu recomendaria. Se bem que sou um pouco exigente. Finalmente, posso definir Louco por Você como uma história de amor em meio a dor, com personagens com um currículo longo de sofrimento e superações. Não sei dizer até que ponto isso me comoveu, mas, caso você queira arriscar-se a ler o livro, espero que a história te toque muito mais que à mim.

3 comentários :

  1. Juro que já tentei ter vontade de ler esse tipo de livro, tanto os new adults da vida quanto os livros eróticos mas eu nunca consigo ter motivação suficiente para lê-los, pelo que vejo nas resenhas a maioria dos autores tem historinhas clichês e quando se perdem no próprio enredo enchem de cenas eróticas e desnecessárias, então, isso foi mais um desabafo e pela sua resenha percebi que você não gostou tanto assim do livro :( enfim, a resenha foi muito boa e completa, adorei o blog também.
    Beijos da ma!
    Se puder, dá uma olhadinha no meu blog: http://palavrear-se.blogspot.com.br/ :)

    ResponderExcluir
  2. Que pena que o livro não te agradou, porque eu amei a estória. Concordo que alguns diálogos são bem estranhos, mas nada que tirasse meu interesse. Tanto que estou ansiosa pelo lançamento do ultimo livro da série.

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?

    Que pena que se decepcionou com o livro :( Não gosto quando a autor não convence mesmo, fica aquele sentimento: Que merd* de coisa irreal é essa? hahaha Dei pra minha resenhista Laís ler, vou esperar saber o que ela achou.

    Beijocas
    http://www.estantedasfadas.com.br/

    ResponderExcluir