Curiosidades | Trilogia A Seleção

6 comentários
Saudações!
         Prontos para novidades? Essa semana será super especial no blog, especialmente para os fãs da trilogia A Seleção, da autora Kiera Cass. Resolvemos fazer 6 dias de resenhas e curiosidades sobre a trilogia que fez a cabeça e coração de muito leitor. Achamos válido fazer isso, para liberar logo todas as resenhas acumuladas da série aqui. Esperamos que gostem! Quem vem conosco? <3 Nesse post de apresetação vocês vão conferir algumas curiosidades que reuni na internet. :) E 18h sai a primeira resenha da série!


Desde 2012, Kiera Cass é um dos nomes que não saem da boca dos blogueiros literários e leitores. Difícil mesmo é imaginar alguém que, frequentando os espaços virtuais destinados aos leitores, não tenha ouvido falarda trilogia da simpática autora estadunidense, que conquistou o kokoro (coração) de muito bookaholic. A premisa unindo distopia e reality show,  além de muito romance, parece ter sido o elo perfeito para arrebatar fãs de todas as idades. E qual não foi minha surpresa quando minha irmã, que malmente lê 5 livros por ano, se interessou pela leitura depois de A Seleção? A autora começou com o pé direito! 

“De onde a autora tirou inspiração?”, alguns podem perguntar. Ao contrário do que muitos insistem em comparar, A Seleção não é um The Hunger Games (Jogos Vorazes) com princesas. Muito longe disso, aliás, de acoro com a própria Kiera Cass, que confessou que sua história foi feita para agradar outro público. A ideia de escrever A Seleção veio de uma história muito antiga, que todos aqui devem ao menos ter ouvido falar. A autora contou isso em uma entrevista feita há alguns anos, e essa é a primeira curiosidade do post.

A seleção foi inspirada na Bíblia


Ester, uma figura conhecida até por quem não conhece muito da bíblia, foi uma das principais inspirações da Kiera Cass para escrever seu próprio conto de princesa. E quando olhamos bem, percebemos de fato as semelhanças.   Ester era uma mulher judia de origem humilde, em tempo de crise e fome. O rei Assuero resolveu dar um de “rei do camarote” e esbanjou riqueza numa breve festa - só durou 180 dias, gente! -, desejando exibir a mulher mais linda do império, sua esposa. No entanto, a esposa do rei negou aparecer para os convidados do rei, e então perdeu o cargo de rainha. E é ai que entra Ester. O rei promoveu um concurso para escolher a mais linda das mulheres, que então seria sua esposa. Te remete à algo? 

Quando pensamos nos detalhes da história, entendemos o ponto em que Kiera Cass quer chegar. De acordo com a a autora, outra personagem que lhe trouxe inspiração foi Cinderela. Afinal, o quanto Ester e Cinderela estavam prontas para viver na realeza? Ester já amava alguém, antes de ser declarada rainha? Dessas perguntas para a criação de America foi um pulo. 

'"Esses dois pensamentos encheram minha cabeça, e eu sabia que eu queria escrever uma história sobre uma garota que viria de uma origem humilde e ganharia a atenção de um príncipe, mas ela não iria o querer porque ela já estaria apaixonada. E eu sabia que ela iria passar por algo (que acaba terminando com ela sendo Selecionada) que mostra a ela mais sobre o mundo do que ela estava preparada para ver.” - Kiera Cass

Celeste da vida real

Sempre imaginei a Emma Roberts como a Celeste... vai entender, haha. 

E se você tem um ódio mortal pela Celeste, uma das candidatas megeras que ganha destaque no primeiro livro, saiba que isso pode não ser à toa. Em outra entrevista, dessa vez para “Pitch Dark Days”, a autora confessou que a personagem foi inspirada em uma pessoa que ele não teve muito prazer em conhecer na escola. Não só foi inspirada... O nome da personagem é o mesmo da pessoa! No entanto, Kiera e a Celeste da vida real não se veem desde os 10 anos de idade. 

Produção das capas - do marrom para o azul!

Falando por mim, posso dizer uma coisa: a capa de A Seleção é lindissíma. Afinal, foi só por causa dela que pus o livro debaixo do braço e levei para a caixa registradora da livraria! Mas e seu eu dissesse à você que a cor do vestido do primeiro livro da série na verdade, de inicio, era marrom? E que o vestido de A Elite era roxo? Por favor, apaguem essa imagem de minha mente! (Risos). Pois bem, essas foram uma das revelações dadas pela Erin Fitzsimmons, designer de livros, em uma entrevista. Ela também revelou os bastidores da produção as capas e algumas imagens exclusivas, tudo isso para a maravilhosa blogueira Mirella Candeloro (blog Recanto da Mi). Os vídeos colocarei aqui, mas se quiserem ler a entrevista completa e dar uma olhada nas imagens, deem uma passada no cantinho da Mi! :)



(Quase)Adaptação antes do livro ser publicado

Isso mesmo que você leu! Pouco depois do livro ser publicado nos Estados Unidos e antes do livro chegar aqui (o que não demorou nada!), já havia a possibilidade do livro ser adaptado pela Warner Bros. Ainda essa semana vocês lerão mais sobre isso aqui. Procurarei reunir tudo(oooooo) que achar na internet sobre o tema e pôr num bolo só! Houveram diversas reviravoltas envolvendo o roteiro, elenco e etc, mas fato é que a série não saiu. A esperança dos fãs nunca morre; vai que, né? Mas, diz ai, ter os direitos comprados pela Warner com tão pouco tempo de publicação é para qualquer um?


Melhor eu me calar antes que esse post fique maior do que já está! Juro que tentei não escrever muito, mas me empolgo, gente (haha). Comentem, comentem! <3

6 comentários :

  1. Por favor, vc poderia me dizer quem é a garota da capa da saga???

    ResponderExcluir
  2. como faz pra se cadastrar no blog? Amei seu blog!!

    ResponderExcluir
  3. Oi, anoni! Você pode curtir a fanpage no Facebook, onde sempre que rola post novo eu divulgo por lá, ou cadastrar seu e-mail para receber tudo diretamente em sua caixa de mensagens <3

    Ah, e muito obrigada, é ótimo saber disso!
    Abraço e até logo

    ResponderExcluir