Diário Otaku | Primeiras Impressões: Heirs

2 comentários
Saudações!
          Alguém ai com saudades da coluna Diário Otaku? Voltei, e com uma dica de dorama para as noveleiras de plantão! Quem curte? Aguardo as recomendações de vocês nos comentários!


Título: The Heirs, The One
Gênero: Comédia, Escolar, Romance
Direção: Kang Shin Hyo
Roteiro: Kim Eun Sook
Episódios: 20
Emissora: SBS
Exibição: 09 de outubro de 2013
Sinopse: Kim Tan mora nos EUA e é herdeiro de um dos homens mais ricos da Coreia. Cha Eun Sang mora na Coreia e tem uma vida difícil, tendo que manter vários empregos a fim de se sustentar e ajudar a mãe. Quando Cha Eun Sang vai aos EUA encontrar a irmã, eles acabam se esbarrando, no que parece ser um pequeno sonho na vida de Eun Sang. De volta à Coreia, o destino tratará de uni-los novamente em uma história que, além disso, mostra a vida, os amores e os aprendizados dos grandes herdeiros dos milionários da Coreia que frequentam o Colégio Jeguk.


Julgue-me quem quiser, mas sequer li a sinopse da novela quando a vi. Amor à primeira capa. Foi só ver que Lee Min Ho (dorama Personal Taste) e Park Shin Hye (doramaYou're Beautiful), meus dois atores preferidos, estavam atuando juntos nesse dorama, e formando o casal principal, que o amor foi imediato. Me joguei de cabeça, sabendo só o básico da trama, e não me decepcionei! Essa é uma daquelas novelas que vai sendo costurada de tal forma, logo no início dos episódios, que você tem a certeza que ainda se surpreenderá muito com o que quer que vier.




Quem curte uma boa comédia romântica, como eu, vai suspirar horrores com Heirs. Uma mistura já conhecida de colegial, brigas entre amigos, amor adolescente e, um fator que torna tudo ainda mais romântico: o herdeiro riquinho se apaixona pela filha da empregada de sua casa, que, por acaso, conseguiu bolsa de estudo em seu colégio. Para quê melhor? A trama envolvente, com várias personagens que nos vão sendo apresentadas de tempos em tempos, inicialmente deixa a noveleira ansiosa confusa. Esse é o sentimento inicial, nos primeiros episódios. Porém, não demora muito para você perceber o quão bem costuradas estão essas personagens. Você acredita em coincidências? Destino? Pois o autor dessa novela, sim, acredita, pois todos seus personagens principais e secundários são ligados de tal forma que fará você franzir a sobrancelha e sorrir do inesperado. Acredito que esse seja o principal ponto positivo da novela, nesses primeiros capítulos. O quesito surpresa.




Contar mais da história tiraria parte do inesperado que tanto torna a novela tão gostosa de assistir, mas é necessário. Kim Tan é um herdeiro rico que foi morar nos Estados Unidos para estudar parte de seu colegial. Ele tem problemas com seu irmão mais velho, e essa é uma questão ainda mais complexa do que parece. Em contrapartida, Cha Eun-sang vive com sua mãe e possui diversos trabalhos de meio-período para ajudar a pagar as contas. Sua irmã mais velha também mora nos Estados Unidos e, pelo que parece, está prestes a casar. Sua mãe, então, junta dinheiro de onde não tem e resolve mandar para a filha mais velha. A própria Eun-sang vai até os Estados Unidos entregar nas mãos da irmã, mas com uma vontade em seu íntimo de permanecer ali mesmo, onde, acha ela, poderia ter mais oportunidades. Surpresa mesmo é quando ela chega nos Estados Unidos e descobre que sua irmã mentira sobre tudo, e sequer está numa universidade, além de, pasmem, pegar o dinheiro na mão de Eun-sang e simplesmente desaparecer. E é ai que o destino de Eun-sang e Kim Tan se unem de maneira inesperada.

Kim Tan oferece moradia para aquela pobre menina, coitadinha, haha. Sem lugar para dormir, sem seu passaporte que foi confiscado pela polícia após um acontecimento muito (muito mesmo!) doido, o que resta à menina é aceitar a proposta de Kim Tan e ir dormir na mansão dele. O que o rapaz não esperava é se apaixonar pela garota, mesmo estando num noivado de conveniência com uma herdeira rica. E agora? O ninho de gato não acaba por ai. Mas é melhor nem começar a explicar, porque o nó na cabeça de vocês será terrível! Hahahaha.

Todas essas personagens estão conectadas num grande rolo amoroso (é não sei quem que gosta de não sei quem, que é noivo de quem, que gosta de outro não sei quem, que é amigo do amigo de outro quem que namora...) #socorro 

A novela tem um humor ás vezes sutil, ás vezes escandaloso, mas muito agradável. Eu amo, amo de paixão, os atores protagonistas e, como nunca me decepcionam, estão muito bem em Heirs. Espero que a novela continue seguindo esse ritmo até os últimos episódios... Mas minha bola de cristal está prevendo algumas lágrimas por ai! Vamos ver. :)

    

Quem já assistiu, o que tem a me dizer? Alguém ai vai assistir também? Quero saber o que vocês acharam, depois. <3

2 comentários :

  1. Olá Arine!
    Infelizmente, não me interesso por novelas neste estilo...
    Parece ser muito boa, mas não prenderia a minha atenção :/
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Estou ansiosa por assistir, adoro Min Ho.. já vi Personal Taste e estou vendo City Hunter com ele.

    ResponderExcluir