Lançamentos | Janeiro - editora Rocco

2 comentários
Saudações!
          Olha eu de novo! <3 Meu notebook lindo está cooperando, por enquanto, e estou conseguindo atualizar melhor o blog (amém, irmãos?). Bem, ai vai os lançamentos do mês da editora Rocco... E vocês já viram a capa de Convergente, último livro da trilogia Divergente? 
           
             Tem alguns lançamentos infantis, esse mês. Acho isso super legal! Mas, e vocês, botaram algum dos lançamentos na lista (com certeza gigante como a minha, haha) de futuras aquisições? 

Implacáveis (Sara Shepard)

Pretty Little Liars #10
Sinopse: Aria, Emily, Hanna e Spencer não tomam jeito. Depois da desastrada viagem de férias que os leitores acompanharam em Perigosas, o incendiário nono volume das aventuras das Pretty Little Liars, as quatro amigas se envolvem em novos e perigosos segredos em Implacáveis, o décimo título da série que já vendeu mais de cinco milhões de exemplares em todo o mundo e ganhou uma bem-sucedida adaptação para a TV. Enquanto mergulham em relacionamentos turbulentos e problemas familiares, a misteriosa A continua acompanhando cada passo das meninas e reúne informações cada vez mais incriminadoras sobre o quarteto.



Obs.: Na boa... Essa série nunca vai terminar, não? '-'


Cento e Quatro Cavalos (Mandy Retzlaff)

320 páginas
Sinopse: Comovente relato de superação, Cento e quatro cavalos conta a trajetória de Mandy (Amanda) Retzlaff e seu marido, Pat, expulsos de sua propriedade no Zimbábue, onde viviam desde 1978, quando a ditadura de Robert Mugabe desapropriou terras e expulsou os agricultores brancos da região. Sob ameaça de morte, eles deixaram a fazenda levando, além dos filhos, os cavalos da família. E mesmo sem ter para onde ir, acabaram resgatando no caminho os animais de outros agricultores, deixados para trás diante da violência dos homens de Mugabe, numa jornada incerta e cheia de adversidades que só a união familiar e o amor pelos animais seria capaz de superar. Hoje, Mandy e Pat tocam o Mozambique Horse Safari, de passeios turísticos a cavalo na costa de Moçambique.




O Cisne e o Aviador (Heliete Vaitsman)

176 páginas
Sinopse: Mesclando ficção e dados reais, a jornalista Heliete Vaitsman assina o fascinante romance histórico O cisne e o aviador, inspirado na controversa trajetória de Herberts Cukurs, lendário piloto e engenheiro de aviação que se tornou herói nacional da Letônia até a ocupação nazista, quando foi apontado responsável pela morte de mais de 30 mil judeus. Cukurs se estabeleceu no Brasil em 1946, tendo inaugurado o pedalinho da Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, e foi assassinado em Montevidéu por agentes do Mossad, o serviço de inteligência israelense, quase 20 anos depois






Onde a lua não está (Nathan Filer)

272 páginas
Sinopse: Numa viagem de férias em família, dois irmãos saem numa aventura infantil no meio da noite, mas apenas um deles volta a salvo para casa. Finalista do Costa Book Awards, Onde a lua não está é o elogiado romance de estreia de Nathan Filer, enfermeiro da área de saúde mental e poeta performático britânico. Permanentemente assombrado pela morte do irmão, portador da Síndrome de Down, Matthew nunca desistiu de tentar entender o que aconteceu na fatídica noite e acredita ter descoberto uma maneira de trazê-lo de volta, neste comovente romance de formação que inspirou um curta-metragem dirigido por Udo Prinsen.





Baile de Máscaras (Rosiska Darcy de Oliveira)

248 páginas
Sinopse: Primeiro livro da jornalista e escritora Rosiska Darcy de Oliveira desde sua eleição para a Academia Brasileira de Letras, Baile de máscarasreúne artigos, crônicas e ensaios em que a autora, com seu olhar afiado, põe em discussão os novos desafios da sociedade contemporânea, sempre defendendo suas posições diante da liberdade, dos direitos humanos e da valorização do feminino. Seja a partir de um comentário ouvido numa conversa entre amigos, de um questionamento íntimo ou de um fato político de grande repercussão, Rosiska extrai de cada situação uma reflexão capaz de provocar o leitor sobre questões fundamentais. O escritor Ignácio de Loyola Brandão assina o prefácio.





33 Estratégias de Guerra (Robert Greene)

216 páginas
Sinopse: Autor do bestseller As 48 leis do poder, Robert Greene reúne 33 ensinamentos fundamentais para ajudar o leitor a vencer as batalhas diárias seja no campo pessoal, social ou profissional em 33 estratégias de guerra, que chega agora às prateleiras em versão concisa. O livro é um guia compacto e objetivo que traz lições profundas e atemporais de grandes líderes, estrategistas e pensadores, de Maquiavel e Sun Tzu a Napoleão Bonaparte, Margaret Tatcher e os filósofos Xenofante e Nietzsche, entre outros.






Chamado Selvagem (Jack London)

128 páginas
Sinopse: Publicado em 1903 e considerado a obra-prima do escritor norte-americano Jack London, Chamado selvagem retrata a jornada de Buck, um cão domesticado que entra em contato com seu lado primitivo depois de passar por uma série de maus-tratos durante a corrida do ouro no Alasca e no Canadá. Convidando o leitor a refletir sobre valores como civilidade, lealdade e liberdade, o livro é mais um clássico da literatura universal que volta às prateleiras em adaptação de Clarice Lispector para os jovens brasileiros, como Viagens de Gulliver, A ilha misteriosa e O talismã.



Cabelos Arrepiados (Karen Acioly)

40 páginas
Sinopse: Que criança nunca ficou acordada de noite, encolhida na cama imaginando coisas horríveis? Quando o sono escapa, a mente é capaz de criar os mais assustadores pensamentos, e qualquer sombra ou barulho se transformam em ameaças terríveis. Cabelos arrepiadosconta a história de crianças insones que enfrentam os perigos gerados pelos maus pensamentos e pelos sonhos ruins, brincando com a imaginação de forma surpreendente e bem-humorada. O livro, mais um título da coleção Caras e Máscaras, traz o texto da peça homônima da premiada escritora e diretora teatral Karen Acioly.


O Ponto e a vírgula (Caulos)

36 páginas 
Sinopse: Uma história de amor inusitada que vai ajudar os pequenos a entender melhor quem são e para que servem os sinais gráficos da língua. Em O ponto e a vírgula, o desenhista, pintor e escritor Caulos, autor de dezenas de livros premiados para crianças, dá vida a um ponto apaixonado que não sabe como se declarar, afinal, ele é muito bom em terminar frases, mas não em começá-las! Depois de tentar o ponto de interrogação e de exclamação, os dois pontos e até as aspas, ele encontra um sinal capaz de ajudá-lo a se aproximar de sua amada, nesta divertida viagem pelo mundo da língua escrita e da imaginação.

Capa e pré-venda de Convergente

2 comentários :

  1. \o/ Show. Já adicionei dois a minha lista de Leitura!! -Cabelos arrepiados - Amei !!!
    Beijos,
    http://livrosporumbeijo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Gostei! Interessei-me pelo "O cisne e o Aviador."

    Meu Pé de Página: meupedepagina.blogspot.com

    ResponderExcluir