Diário Otaku | REC

Nenhum comentário
Anime REC
9 episódios de 12 minutos + 1 extra
Mangá com 14 volumes não traduzidos para o português
Gênero: Seinen, romance, slice of life,  
Sinopse: A historia começa com Fumihiko Matsumaru, um "salaryman" de 26 anos, esperando a sua colega de trabalho para irem ao cinema. No entanto, o tempo começa a passar e este percebe que o encontro que tinha planejado não deu certo. Então, completamente desanimado, decide jogar os bilhetes do cinema fora quando uma garota se aproxima e dá voz aos bilhetes, dizendo que estes estavam pedindo por uma oportunidade... e os dois acabam assistindo ao filme juntos. Em seguida, ele descobre que ela chama-se Aka Onda e é uma aspirante à seiyu (dubladora), tem 20 anos de idade e deseja ser como a sua atriz favorita, Audrey Hepburn. Mais tarde, o lugar onde ela mora é completamente destruído num incêndio e, então, Matsumaru a convida para morar com ele, enquanto ela não arranja um novo lugar para ficar. Assim, começa a historia com os dois vivendo juntos sobre o mesmo teto. 


REC foi lançado em 2006 e possui apenas 9 episódios com breves 12 minutos. Baseado em mangá de mesmo nome, publicado no intervalo de 2002 à 2013, o anime irá contar a história de um casal que se conhece de maneira bem improvável, em uma noite chuvosa no cinema. Apesar de definitivamente ser uma comédia romântica, a pegada do anime é diferente da maioria já conhecida, à começar pelo seu público alvo: jovens adultos. Então, crianças, nada de assistirem esse anime, ok?



         O anime de história leve e divertida, com um pequeno toque de drama, é uma ótima pedida para quem quer uma história rápida e bonitinha. Os protagonistas são Matsumaru, um publicitário de 26 anos, e Aka, uma seyuu (dubladora) de apenas 20. Tudo começa quando Matsumaru está esperando uma colega de trabalho no cinema, mas sua acompanhante não aparece. Decepcionado, ele pensa em jogar os ingressos do filme fora, e ai aparece uma estranha moça que diz que ele não deveria desperdiçar as coisas assim. E é desse modo que Aka, a jovem moça, e Matsumaru se conhecem: assistindo um filme juntos, mesmo sem ainda saberem o nome um do outro. Horas mais tarde, Aka chega em casa e descobre que ela, junto com todas suas coisas, foi consumida pelo fogo... Mas adivinha quem chega para ajudá-la? E é desse modo estranho que duas pessoas que se conheceram há apenas algumas horas passam a morar junto num minusculo apartamento.


         A coisa mais divertida do anime é ver a interação entre os dois jovens dentro e fora de casa, mesmo após a primeira noite deles juntos (sim, rolou coisa ai, hehe). Eles não se consideram um casal, porém, no fundo, no fundo eles não são outra coisa. Há várias cenas loucas e situações inusitadas, principalmente por causa da profissão dos dois, que acaba se unindo em um momento: Aka é escolhida como dubladora de uma propaganda feita pelo Matsumaru. Ah, nem preciso falar que o anime tem um excesso de fofurice, né? Cenas fofas para todo lado!


        Outra coisa muito legal em REC é que a Aka é fã da atriz Audrey Hepburn. Mas não uma fã comum, e sim uma super fã, que decora falas alheias de filme. Além das várias citações de falas da Audrey durante REC, cada episódio do anime possui o nome de um dos filmes protagonizado pela atriz. 

Ep01. Roman Holiday (A Princesa e o Plebeu - 1953),
Ep02. Sabrina Fair (Sabrina - 1954),
Ep03. Wait Until Dark (Um Clarão nas Trevas - 1967),
Ep04. Breakfast at Tiffany's (Bonequinha de Luxo - 1961),
Ep05. Love in the Afternoon (Um Amor na Tarde - 1957),
Ep06. The Children's Hour (Infâmia - 1961),
Ep07. War and Peace (Guerra e Paz - 1956),
Ep08. My Fair Lady (Minha Bela Dama - 1964) e
Ep09. Two for the Road (Um Caminho para Dois - 1967).



     REC é super recomendado para quem quer apenas um romancezinho besta para passar o tempo. Por sinal, ele é tão curto que em apenas algumas horas você termina de assisti-lo. Não há nada muito complexo na animação e, certamente, o mangá possui a história mais bem contada e completa... Porém, por ser uma história tão simples e o anime ter acabado com um final satisfatório, duvido que surjam novas temporadas ou mais episódios.



Trailer (não achei com legenda, enfim...)


Bônus: (Comercial com slonga viciante que a Aka dubla) *Umaee-kiii~~*

Nenhum comentário :

Postar um comentário