Resenha | Louca para Casar (Madeleine Wickham)

15 comentários
Saudações!
                Acharam que não ia ter resenha essa semana? rs’ Fiquem com a minha opinião sobre o novo livro da Madeleine Wickham, mais conhecida como Sophie Kinsella! 

Louca Para CasarAutora: Madeleine Wickham (Sophie Kinsella)
Editora Record
348 páginas
Sinopse: Milly está a quatro dias de um casamento digno de contos de fada com Simon, um jovem rico por quem é perdidamente apaixonada. É a cerimônia mais aguardada do ano pela alta sociedade, mas um detalhe pode pôr tudo a perder. Dez anos antes, Milly se casou com um amigo americano gay para que ele vivesse na Inglaterra com o parceiro, mas logo ambos perderam o contato e nunca se divorciaram. Tudo permaneceria em segredo se não fosse a chegada de Alexander, o fotógrafo, que por acaso também presenciou a primeira união. Agora ela terá que correr contra o tempo para encontrar o “marido” e obter o divórcio antes que todos descubram que a noiva, na verdade, já é casada.


Mesmo aqueles que não leram nenhum livro da famosa série da Becky Bloom conhecem o renome de sua autora, venerada, principalmente, pelo público feminino. Talvez exatamente por isso – levando em conta o teor que suas obras anteriores pareciam ter -, me surpreendi bastante durante a leitura de Louca para Casar, lançamento da editora Record. Eu esperava um quê de chick-lit, ou ainda um tipo de romance leve... mas me deparei com uma narrativa envolvente e bem construída à base de dramas familiares e assuntos que podem, ou não, gerar um tanto de polêmica. Difícil explicar como eu me senti, enquanto lia algo que era sério, descontraído e incomum, tudo ao mesmo tempo!

                O título da obra é o primeiro culpado pelas ideias erradas que podemos ter do teor do livro. Apesar de retratar bem o desespero que a personagem principal, Milly, sente ao descobrir que seu já muito próximo casamento pode não acontecer, Louca para Casar não se resumo a somente isso. A história tem começo há exatos dez anos atrás, quando a protagonista desleixada aceita casar (um casamento escondido) com um amigo gay americano, para que o mesmo possa se manter na Inglaterra e viver com seu namorado. Porém, logo Milly perdeu contato com seus amigos e, boba como é, não se sentiu preocupada ou procurou saber sobre o divórcio, pensando que seu marido-de-mentirinha resolveria tudo em seu nome. Ela simplesmente esqueceu o assunto. Pois bem, dez anos se passaram... E, na véspera do seu verdadeiro casamento, o improvável acontece: o fotografo contratado para tirar as fotos do evento presenciou o primeiro casamento de Milly e começa a ameaçá-la, dizendo que contará tudo a todos. Posta contra a parede, Milly decide ir atrás de seus amigos para resolver a situação.

                A narrativa é em terceira pessoa, porém, dividida entre as diversas personagens. Por incrível que pareça, algumas dessas personagens não estão ali para mostrar apenas o ponto de vista delas em relação ao posicionamento tomado pela Milly... Não, cada uma das personagens possuem seus próprios problemas e tentam lidar com eles o melhor que podem. Enquanto Simon -  noivo de Milly - possui problemas de relacionamento com o pai, a irmã da mulher passa por dilemas quase existenciais, sem conseguir se decidir se interrompe ou não a sua indesejada gravidez. O livro retrata tantos assuntos e problemas diferentes, que cheguei a pensar que estava lendo algum tipo de roteiro de novela brasileira, haha!

              O que achei engraçado é que algumas pessoas simplesmente odiaram a protagonista do livro, e isso passou longe de acontecer comigo. Ela pode não ser a melhor das personagens, mas também não chega a ser um fiasco. Alguns chamaram a Milly de egoísta, dissimulada; e, para mim, essas características se enquadram mais no noivo da moça, e não nela! Me pareceu, desde o inicio, que ele estava casando só para provocar o pai e mostrar que era melhor... Há coisa mais feia que isso? Milly realmente queria casar, e pelos motivos que considero certos. Porém, devo concordar que o drama dos personagens secundários, muitas vezes, pareceram mais interessantes que a história principal da leitura. 

                O livro, apesar de seus dramas aqui e ali, não é intenso. De alguma forma, faltou alguma coisa em Louca para Casar; algo que não consigo dar nome nem dizer exatamente o que é. No entanto, isso não significa que o livro tenha sido fraco ou ruim... Foi um tanto surpreendente, e teve um final totalmente inesperado. Satisfez o que tinha de satisfazer: as personagens encontrando as soluções para seus dilemas e alcançando o entendimento do que verdadeiramente é o amor, a família e companheirismo.

                Recomendo o livro para quem quer ler algo sem muito compromisso. O toque de inesperado que permeia a obra aqui e ali, com certeza, te arrancará algum risinho surpreso. É sério, as surpresas não param de acontecer! O que, aliado aos personagens bem únicos, torna a leitura bem agradável e veloz... Um bom passatempo!

Nota: 8.5

15 comentários :

  1. Oie :)

    Não me interesso muito por esse livro mais não posso negar que depois que eu li sua resenha fiquei com vontade de ler, beijos :D

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  2. Arine-san, eu já tinha comentado antes na sua coluna Li até a página 100 e falei que achei um livro interessante. Continuo com a mesma opinião após ler a sua resenha.

    É um livro leve, pelo que pude perceber, para ser lido sem compromisso mesmo, como você mesma mencionou. Um draminha nunca é demais, né?!

    O título da obra é que ficou meio fraca para a proposta da autora, na minha opinião.

    Beijos!!!

    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Li tantas resenhas apedrejando o livro e eu tava com tanta vontade de ler, já tinha até desanimado. ): Sua resenha me animou novamente, hahahah.

    Coral,
    htto://universeforwords.com

    ResponderExcluir
  4. Já estou te seguindo
    seu blog é maravilhoso, convido você e suas leitoras a conhecer meu blog
    http://toobege.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Estou doida para ler este livro, ainda não li nada da autora. Mas realmente o pessoal está criticando muito, dizendo que é das piores obras dela e tal.
    Mas gostei do seu ponto de vista. Acho que por mais que "falte alguma coisa", as histórias são envolventes e os personagens também. O que não esperava é que fosse surpreendente de alguma forma. Pensei que fosse um baita clichê do início ao fim. Mas se não é, melhor ainda! rs
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Fiquei bem curiosa pra ler esse livro. Eu esperava que fosse um romance cheio de açúcar, como só a Sophie sabe fazer, mas parece que não é exatamente isso.
    Ah, tô seguindo o blog (não sei se já falei isso, mas ok).

    Um beijo, Karine Braschi.
    Geek de Batom.

    ResponderExcluir

  7. Você está certa, li muitos comentários reclamando da protagonista, é muito bom ler alguém com opinião diferente.
    Eu sou uma fã da autora e quero muito ler um livro dela nesse estilo diferente do que eu conheço.

    ResponderExcluir
  8. Eu adorei a capa, deve ser um vestido bonito.
    O livro lendo sua resenha parece ser leve e engraçadinho, conseguiu me chamar um pouco a atenção.

    ResponderExcluir
  9. Um livro assim é bom pra relaxar sem muita expectativa.
    Gostei do livro e até agora nada me fez odiar a protagonista, na verdade estou bem curiosa com ela! Com certeza leria o livro.

    ResponderExcluir
  10. Queria ler, mas não quero ler. Esse livro vai ficar só nas resenhas, não estou no clima pra ler ainda....É bom, mas deixa a desejar um pouco, eu tenho certo receio com esse tipo de livro.

    ResponderExcluir
  11. Quero muito ler esse livro, principalmente por causa do titulo que me lembra eu mesma, antes de casar. kkkk

    ResponderExcluir
  12. Que bom que vc gostou do livro, tinha lido outra resenha sobre ele e confesso que a pessoa me desanimou um pouco para lê-lo, mas você me deu outro animo hahaha

    ResponderExcluir
  13. Ainda não li nada da autora, já ouvi críticas muito boas em relação ao livro e estou bem curiosa para lê-lo! Gostei muito da capa, linda!

    ResponderExcluir
  14. Oiie
    Ja li um livro da autora..
    e achie muito bacana ela usar um codinome.. nem tinha me ligado..
    parece q o livro é d outra pessoa msm..
    Quero muito ler esse livro, parece ser bem legal... e eu adoro livros sobre casamentos e essas coisas!!!

    ótima resenha!

    bjs

    ResponderExcluir
  15. Quando vi o nome da Sophie Kinsella na capa, assim como você, também imaginei um chick lit daqueles que só ele sabe fazer. Me surpreendi ao saber que a história era bem mais do que isso. O bom é que mesmo assim, a autora conseguiu surpreender com essa trama bem amarrada. Fiquei super curioso pra conhecer esse outro lado dela.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir