Diário Otaku | Japonesa faz covers de sucessos brasileiros

13 comentários
Saudações! 
          Hoje o Diário Otaku vem um pouco diferente... Quem gosta de rock nacional e curte as vozes de cantoras japonesas, agora pode ter os dois aliados numa coisa só! *-* haha.


Num país com tantos fãs de cultura oriental, não é tão difícil achar brasileiros que metem as caras num microfone e se arriscam a cantar hits em japonês. Porém, quando é o contrário que acontece, como não se surpreender? E foi exatamente isso que aconteceu mais ou menos no inicio desse ano, quando uma jovem cantora-pop japonesa começou a gravar vídeos covers de grandes sucessos brasileiros. Músicas de grande repercussão nacional de nosso rock e MPB vêm sendo homenageadas pela doce voz de Tsubasa Imamura, que confessou, numa entrevista, adorar música brasileira e se inspirar em alguns grandes artistas nacionais em suas composições.

                Imamura já é muito querida aqui no Brasil, e, aliás, como aconteceria o contrário? Dentre os vídeos covers que ela já gravou, estão Pais e Filhos (Legião Urbana), Codinome Beija-Flor (Cazuza) e Maluco Beleza (Raul Seixas); além do repertório também incluir músicas dos Los Hermanos e Kid Abelha. Desse modo, conquistar fãs brasileiros está muito fácil! O mais surpreendente é que ela divulgou recentemente que está preparando uma gravação de uma composição própria, que ela escreveu em português.







                Acho importante ressaltar que nosso idioma é bem difícil de ser aprendido por estrangeiros, ainda mais japoneses, que não possuem a letra L no vocabulário e não falam palavras com consoantes juntas (ex.: "br", "lh" e etc) em seu idioma original. Por isso, é comum e compreensível que Imamura tenha forte sotaque e dificuldade de falar algumas palavras corretamente.
               
                Mas, e vocês? O que acham de ver nossa música atingindo países tão longe (tais qual o Japão) e movendo pessoas do outro lado do mundo a cantar grandes sucessos brasileiros? A Tsubasa Imamura não é a única... no youtube, já até achei japoneses se arriscando num pagodinho, rsrs.

Canal do Youtube da Tsubasa Imamura
Entrevista com a Imamura

13 comentários :

  1. Tudo bem que é o sotaque, mas isso deixa ainda mais fofinha *-* Cara, adorei ela! Muito fofa u.u

    ResponderExcluir
  2. Vou escutar agora mesmo!
    Adorei a dica
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias
    Livroterapias

    ResponderExcluir
  3. Adorei a voz dela. Muito linda e suave. Tem um Q de voz infantil. Gostei mesmo. E esse sotaque dá só um charme a mais na música.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  4. Nossa, que incrível. Eu adorei, de verdade. A voz dela é super suave e bonita. E o sotaque, gente, impossível não ter e pra uma japonesa, é mais impressionante ainda.
    Muito melhor que muito brasileiro cantando. Adorei!
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Ai eu adorei os vídeos *U*
    Achei a voz dela simplesmente linda. Mesmo. Adorei principalmente a música da Raul.
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Gente quando amor. Eu mal arrisco algumas palavrinhas em japonês, só sei uma frase na língua, enfim, não sei nada. Mas, muito amor ela.

    ResponderExcluir
  7. Que linda. Simplesmente apaixonante.

    www.maisintimo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Que meiga >< Olha nao sabia que a nossa musica estava tendo influencia assim lá fora.. gostei.

    ResponderExcluir
  9. Eu não conhecia a Imamura e eu gostei tanto que estou vendo todos os vídeos dela lá no youtube e já estou seguindo o canal.

    ;)

    http://pseudonimoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia a cantora, mas adorei, a voz dela é linda!

    ResponderExcluir
  11. Que linda! Imagino a dificuldade para cantar em português. E que voz bonita.

    ResponderExcluir
  12. Eu tenho que te apresentar a Biah e a Pam, vocês gostam das mesmas coisas!

    ResponderExcluir
  13. Achei muito fofo ela cantando e uma ótima novidade, ainda mais que ela cantou músicas da MPB e do rock dos anos 80 que eu adoro, apesar dela ter cantado a música que eu mais detesto de Engenheiros. Nunca tinha percebido que não tem o L no vocabulário deles...

    ResponderExcluir