Harmony Clean Flat Responsive WordPress Blog Theme

Resenha | O céu vai ter que esperar

sábado, dezembro 15, 2012 Eduarda Galvão 5 Comments Category : , ,


Titulo original: Heaven Can Wait
Autor(a): Cally Taylor
Editora: Bertrand Brasil / Record
Classificação: 
Sinopse: Lucy Brown está prestes a se casar com o homem dos seus sonhos. Contudo, na véspera da cerimônia, ela sofre um acidente fatal. Agora ela terá que escolher: aceitar uma vida inteira longe de sua alma gêmea e ir para o céu, ou ficar com seu amor, sob a forma de fantasma. Vencedora de diversos prêmios, esse é o romance de estreia de Cally Taylor.

Lucy Brown está super animada para o seu casamento com Dan, que é a sua alma gêmea. Tudo estava pronto para a festa, mas um dia antes do casamento Lucy morre. É, isso ai, um dia antes... Já pensou que azar? Depois de morre ela vai para o limbo, onde encontra o São Bob e ele explica o que aconteceu. Mas tudo o que Lucy queria era voltar para Dan, se casar e ser feliz com ele, então, São Bob diz que ela pode voltar, mas em forma de fantasma, se ela conseguir cumprir uma missão dada por ele.

Lucy, decidida a fazer qualquer coisa para ver Dan novamente, aceita essa sua missão, que é: em 21 dias Lucy tem de fazer um estranho encontrar sua alma gêmea. Caso ela falhe, terá que ir para o céu, mas se completar a missão poderá escolher ficar com Dan. Nessa aventura ela conhece mais dois "aspirantes a fantasmas" Brien, um apaixonado por trens, e Claire, uma gótica pirada.

Envolvi o rosto dele em minhas mãos e o beijei de volta. Achei que a vida não podia ficar mais perfeita. Eu tinha razão, não podia...

Para ser sincera, não gostei da capa, sei lá, acho que é porque gosto mais de coisas escurar e "sombrias", mas é como diz o ditado: não julgue um livro pela capa. E eu me arrependi por ter tirado as minhas conclusões precipitadas. Mas eu ganhei ele de presente, e a curiosidade é maior que o preconceito, rs.  Me apaixonei à Primeiro Capitulo, e o interesse foi aumentando a cada pagina. Quando Lucy descobre a sua missão (encontrar um amor para uma pessoa em 21 dias, para um cara completamente estranho, Archibald. Para encontrá-lo Lucy começa a trabalhar em uma companhia de informática fingindo que é uma web designer. Chegando lá, ela encontra um geek, baixinho, desleixado que adora falar sobre computadores e filmes de ficção científica, imagine achar alguém para ele, haha!). E meu Deus, quase morro de aflição quando ele se diz apaixonado por Lucy.

No meio de toda essa confusão, Lucy ainda tem a noticia de que uma de suas melhores amigas (que amiga eem? --'), está querendo consolar o Dan. E ela não pode fazer nada, porque se ela tentar falar com alguém que conhecia ela enquanto viva, sua voz não sai, e a sua aparência é diferente para a pessoa. Mas enfim, a historia é viciante, e o final é emocionante. Eu adorei o livro, e me livrei um pouco do meu preconceito com as capas coloridas da vida, haha.

RELATED POSTS

5 viciados comentaram

  1. Gostei da sua resenha Eduarda.
    Assim como você, também não sou muito fã dessas capas muito coloridas, com desenhos, principalmente. Mas a história me pareceu ser muito boa. É envolvente!!
    Alguns filmes tratam desse assunto.

    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Se não estou enganada, essa capa tem brilhinho no céu, não tem?
    Fiquei com muita vontade de ler esse livro, parece ser muito bom!
    Beijos

    cocacolaecupcake.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Eduarda!!

    Eu achei a capa um pouco legal..rsrsr
    Gosto quando a capa do livro chama a minha atenção, dai passo para o conteúdo..rsrsr

    Gostei de sua resenha e o livro parece ótimo.Vai para a minha pequena/grande lista..rsrsr


    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    Beijokas!!

    ResponderExcluir
  4. eu ia ler esse livro. Só porque vi muita gente falando sobre a capa dele. Eu particularmente achei a capa linda. kkkkkkkkkkkkkkkkk! Mas depois da resenha fiquei com mais vontade ainda de ler *.*

    ResponderExcluir
  5. Ah, gostei, quero ler *-* ao contrário de você amei a capa, exatamente por ser coloridinha e pá, já enjoei dessas capas mais sombrias que a pouco ainda eram minhas preferidas. Quando li que o geek se diz apaixonado por ela morri de curiosidade para ler, preciso!

    ResponderExcluir