[Resenha] O Símbolo Perdido.

5 comentários
Olá, leitores, pois é, decidi fazer as resenhas de quinze em quinze dias. E hoje a resenha é sobre o livro "continuação" de O Código da Vinci de Dan Brown - um dos meus escritores favoritos -.

O Símbolo Perdido  Autor: Dan Brown  Editora Sextante
489 páginas
Depois de ter sobrevivido a uma explosão no Vaticano e a uma caçada humana em Paris, Robert Langdon está de volta com seus profundos conhecimentos de simbologia e sua brilhante habilidade para solucionar problemas. Em O símbolo perdido, o célebre professor de Harvard é convidado às pressas por seu amigo e mentor Peter Solomon - eminente maçom e filantropo - a dar uma palestra no Capitólio dos Estados Unidos. Ao chegar lá, descobre que caiu numa armadilha. Não há palestra nenhuma, Solomon está desaparecido e, ao que tudo indica, correndo grande perigo. Mal'akh, o sequestrador, acredita que os fundadores de Washington, a maioria deles mestres maçons, esconderam na cidade um tesouro capaz de dar poderes sobre-humanos a quem o encontrasse. E está convencido de que Langdon é a única pessoa que pode localizá-lo. Vendo que essa é sua única chance de salvar Solomon, o simbologista se lança numa corrida alucinada pelos principais pontos da capital americana: o Capitólio, a Biblioteca do Congresso, a Catedral Nacional e o Centro de Apoio dos Museus Smithsonian. Neste labirinto de verdades ocultas, códigos maçônicos e símbolos escondidos, Langdon conta com a ajuda de Katherine, irmã de Peter e renomada cientista que investiga o poder que a mente humana tem de influenciar o mundo físico. O tempo está contra eles. E muitas outras pessoas parecem envolvidas nesta trama que ameaça a segurança nacional, entre elas Inoue Sato, autoridade máxima do Escritório de Segurança da CIA, e Warren Bellamy, responsável pela administração do Capitólio. Como Langdon já aprendeu em suas outras aventuras, quando se trata de segredos e poder, nunca se pode dizer ao certo de que lado cada um está. Nas mãos de Dan Brown, Washington se revela tão fascinante quanto o Vaticano ou Paris. Em O Símbolo Perdido, ele desperta o interesse dos leitores por temas tão variados como ciência noética, teoria das supercordas e grandes obras de arte, os desafiando a abrir a mente para novos conhecimentos.



Bom, a história se passa com o nosso Professor Robert Langdon, tudo começa com um telefonema misterioso falando que o seu amigo, Peter, precisa que ele faça uma palestra no Capitólio, só que quando ele chega lá, tudo dá errado. Como é de se esperar.

Peter é sequestrado e só há uma coisa que pode ajudar Langdon a descobrir aonde seu amigo foi parar, a própria mão dele no meio da sala do Capitólio. Tudo ocorre de uma forma muito rápida, de repente a CIA se envolve com o acontecimento e é uma luta contra o tempo para que possa salvar o seu amigo.

O fato é que Dan Brown adora fazer com que nossas cabeças viagem para longe e explora bastante a questão das religiões, como no caso é exposto a Maçonaria, e seus rituais. E deixa você pensando mais sobre a religião, - não vou falar muito o resumo do livro porque não quero que seja um Spoiler -, e deixa você duvidando daquilo que sabe. Como por exemplo a ciência noética, que é exposta de várias formas.

No começo a leitura demora um pouco, mas com os acontecimentos da aventura eu peguei gosto e acabei lendo mais rápido do que esperava, e foi ótimo explorar um pouco mais desse gênero de livro. O final fiquei um pouco nervosa com os últimos capítulos, e fiquei com um gostinho de quero mais.


Beijos,

Mafs, comentem :3

5 comentários :

  1. Nai, eu tenho esse livro, na verdade, meu irmão comprou há algum tempo. Eu já tentei ler Dan Brown, mas desisti. Um dia vou ler esse livro, com certeza. Adorei a resenha, simples, curta e objetiva. Beijão

    ResponderExcluir
  2. Gosto dos livros do Dan e também assisti aos filmes.Esse cenário de mistério,suspense,perseguição,códigos para decifrar é muito interessante!

    ResponderExcluir
  3. Sempre mim interessei pela Capa deste livro, mas a partir de sua resenha eu decidir que não vou lê-lo, sei lá parece que não prende e gosto de livros que mim prendam do inicio ao fim.

    Beijokas!

    ResponderExcluir
  4. Acho que como todos os livros do Dan Brown esse também deve ser bom adoro o autor acho fantástico todos os livros dele que li ate agora!!!
    Adorei esse. Ja ta na minha lista de desejos!!!

    xoxo

    ResponderExcluir
  5. Ótimo texto de resenha. Meus parabéns! Amei a maneira que vc usou para se expressar, me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura...a capa do livro é linda ela traz o universo como tema.
    http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=78725243

    ResponderExcluir