[Resenha] Ladrão de Almas (Alma Katsu)

10 comentários

Saudações!
                Enfim, nesse  final se semana pude me dedicar realmente à leitura do livro Ladrão de Almas. E a verdade é que não consegui largar o livro!

Ladrão de AlmasAutora: Alma Katsu Ed. Novo Conceito
Sinopse: No turno da noite em um hospital em Maine, Dr. Luke Findley espera ter outra noite tranquila com lesões causadas pelo frio extremo e ocasionais brigas domésticas. Mas no momento em que Lanore McIlvrae — Lanny — entra no pronto-socorro, ela muda a vida dele para sempre. Uma mulher com passado e segredos misteriosos, Lanny não é como outras pessoas que Luke já conheceu. Ele é, inexplicavelmente, atraído por ela... mesmo ela sendo suspeita de assassinato. E conforme ela conta sua história, uma história de amor e uma traição consumada que ultrapassa tempo e mortalidade, Luke se vê totalmente seduzido. Seu relatório apaixonado começa na virada do século XIX na mesma cidadezinha de St. Andrew, Maine, quando ainda era um templo Puritano. Consumida, quando criança, pelo amor que sentia pelo filho do fundador da cidade, Jonathan, Lanny qualquer coisa para ficar com ele para sempre. Mas o preço que ela paga é alto — um laço imortal que a prende a um terrível destino por toda a eternidade. E agora, dois séculos depois, a chave para sua cura e salvação a depende totalmente de seu passado. De um lado um romance histórico, de outro uma história sobrenatural, The Taker é uma história inesquecível sobre o poder do amor incondicional não apenas para elevá-lo e sustentá-lo, mas também para cegar e destruir — e como cada um de nós é responsável por encontrar o próprio caminho para a redençã


Não há dúvidas do quanto esse livro foi esperado pelos bookaholics.  Com uma sinopse prometendo um belo romance histórico, era impossível resistir à leitura! Vi alguns blogueiros confessarem estar decepcionados com a obra, e, em certo ponto, até concordo. Porém, mesmo decepcionando um pouco, o livro continua sendo uma obra fantástica, com direito aos personagens mais... Defeituosamente humanos. Isso que amei tanto em Ladrão de Almas!

                “Uma garota poderia ser destruída num instante de amor divino. A questão era: valia a pena?”

                Num hospital dentro das fronteiras de uma cidade minúscula e pacata, Luke estava trabalhando nas emergências de seu turno. Tudo estava muito quieto, naquele silêncio típico de hospitais vazios, quando entra pela porta da frente dois policiais escoltando uma pequena criatura... Uma mulher com sangue vermelho escuro já endurecido na roupa. Aquela era Lanny, e suas roupas eram quase uma prova imensurável do crime que os policiais alegavam que ela havia cometido: assassinato. Lanny fora levada ali para que verificassem se ela tinha algum ferimento, antes de prende-la. Porém, Luke estava cético quanto a culpa da garota no assassinato, apesar de não pensar em realmente tentar ajudá-la a provar inocência. Isso, até que, quando sozinhos no quarto do hospital onde Lanny foi colocada, ela suplicou para que ele ajudasse-a a fugir dos policiais... E Luke acabou concordando após a menina contar e demonstrar um grande segredo: Lanny é imortal, e tem mais de 200 anos – apesar da aparência!

                Daí para adiante, enquanto Luke cuida para que fugissem, Lanny conta como acabou se tornando aquilo que era, e divaga sobre sua infância e seu amor pelo homem que, supõe-se, ela matou. Ela narra como foi sua infância com aquele homem de beleza estonteante, que preenchera o coração dela durante sua pré-adolescencia até o passar dos séculos, e nos mostra mais ou menos como era viver há dois séculos atrás. O livro é contado em primeira pessoa, intercalando a narração de Lanny com a dos tempos atuais, enquanto ela e Luke tentam escapar da policia e das consequências do ato cometido por Lanny, ao matar a pessoa que mais amara.

                “Agora compreendo que somente um tolo busca garantias no amor. O amor demanda tanto de nós que, em troca, tentamos garantir que ele dure.”

                Enquanto Lanny narra sua vida passada, percebemos a importância das dezenas de personagens secundários. A verdade é que o livro não teria graça sem seus personagens perversamente humanos. Sem pessoas perfeitas ou idealizadas; todos são humanos e egoístas, inclusive Lanny. O amor doentio que Lanny nutre por Jonhatan – o homem morto -, só confirma a ideia de que qualquer sentimento que dá prazer pode se transformar em seu algoz. Porém, apesar disso, não posso dizer que todos os personagens são “pessoas más”. Eles apenas são o que são, assim como nós.

                “O verdadeiro caráter de um homem está em como se comporta diante da morte.”

                O livro não é tão romântico quanto possa parecer. Verdade, percebemos que Luke e Lanny começam a criar um tipo de afeição um pelo outro, mas o livro não possui cenas exatamente românticas. E, enquanto todos os personagens – até o vilão – tiveram um lugar de admiração em meu coração, devo confessar que Jonhatan destruiu todos os meus nervos! Não consigo entender como Lanny conseguiu ser tão tola para amá-lo, já que ele nunca deu a mínima para qualquer coisa que Lanny sentisse.

                Para fechar a resenha, digo que a autora merece uma saúva de palmas pelo trabalho feito com os personagens. Porém, o livro não está muito próximo de ser classificado como perfeito. Algumas partes da narrativa era um pouco dispendiosa, e a autora se manteve contando pequenos fatos que não precisavam ser contados – ou poderiam ter sido muito resumidos. Quanto a continuação da obra, não faço ideia do que esperar dela. O primeiro livro acaba sem dar dica alguma de como continuará tudo, e isso me deixa mais ansiosa ainda! Haha.

Nota: 8.5

PS.: Me perdoem pela qualidade da resenha... Achei o livro com uma estória tão simples, mas personagens tão complexos, que não sei exatamente o que mais dizer sobre a obra!

10 comentários :

  1. Olá!!

    Também tenho notado esse descontentamento nos outros blog e talvez por isso tenho adiado a leitura...

    Beijos,

    Samantha Monteiro
    Word In My Bag
    http://wordinmybag.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Boa resenha. A sinopse do livro é muito boa. Até me admiro que tantos blogueiros tenham se decepcionado com a leitura.
    Beijos!
    Ah, estou ansioso por um Top Comentarista aqui no Vício em Páginas, viu?!
    rsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
  3. Estou muito curiosa para ler esse livro. Me apaixonei desde o início pela capa e amei também a história.

    Quero demais ler.

    Thais Vianna
    @dathais

    ResponderExcluir
  4. O livro me surpreendeu estando mais focado em dramas e obsessões da personagem principal do que nos mistérios envolvendo sua imortalidade, uma ótima leitura para quem curte o sobrenatural, personagens interessantes, contradições... Pessoas sonham com a imortalidade? Mas… realmente já paramos para pensar no que ela pode trazer, na dor de ver pessoas que se ama ir embora, as lembranças, e realmente saber que não terá seu próprio fim. É o preço da imortalidade.“Ladrão de Almas” deixa mistérios no ar, porém uma questão maior fica em aberto e o que será do Dr. Luke agora que ele abriu mão da cidade e vive com uma imortal?

    ResponderExcluir
  5. poxa eu quero ler esse livro sabe ;w; mas ainda não deu

    ResponderExcluir
  6. Nossa, sempre quis ler este livro e agora já nem sei. Talvez eu o deixa na lista de vou ler um dia. rsrsrsr

    Ainda não tinha visto a resenha dele, mas parece-me bem interessante, acho que essa coisa de imortal chama minha atenção até demais. rsrsrs

    Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  7. Amei esse livro. Livros bons sempre são os livros que ninguém nunca imaginou que poderiam existir. E esse livro é simples e complexo ao mesmo tempo, é um livro que você se apaixona por ele antes mesmo de ler. É aquele livro que você se apaixona quando lê a sinopse dele. Resumindo, é perfeito.

    ResponderExcluir
  8. Adorei os quotes desde que vi o book trailer desse livro to louca pra poder ler ele acho que nunca vi nenhum a estoria do tipo...
    To super curiosa pra saber que tipo de imortal a garota é.. em cada livro tem uma estoria diferente de imortal!!!
    Adoro a capa do livro é simplesmente linda

    xoxo

    ResponderExcluir
  9. Acho que estou curiosa pra ler este livro desde quando era pre-lançamento. Gostei da historia e os personagens foram bem estruturados, alem do que a capa e linda!

    ResponderExcluir
  10. Estou super interessada em ler esse livro, mas fico meio receosa por causa de algumas resenhas negativas que li. Enfim, quero ler e ver qual será minha opinião a respeito. Aliás, a capa é linda e o nome bem impactante, deixa eu "quê" de curiosidade nos leitores.

    ResponderExcluir