Outros | Jogos para serem lidos

9 comentários

Saudações!
                Ainda este ano, falei sobre a transformação de jogos em livros. Nesse meio tempo, mais títulos se destacaram por terem sido baseados em games, o que agrada muito os fãs e gamers brasileiros. Já para nós, demais leitores – não muito adeptos a passar horas a fio tentando derrotar chefões -, só nos resta a esperança de que toda a beleza do jogo seja captada nos livros com perfeição, ao menos, milimétrica. Esse é um fator importante, que acho que faltou na primeira obra lançada nessa nova moda.

 

O que começou com o lançamento do livro Assassin’s Creed – Renascença, baseado no jogo de nome idêntico, hoje se estende para diversos outros títulos lançados pela mesma editora. E, pelo jeito, o que devemos esperar é que mais dessas obras cheguem às estantes brasileiras. A editora Record assinou contrato com a Blizzard – empresa já conhecida pela complexidade de seus jogos, pelo que dizem por ai. Os livros baseados nos games Diablo III e Warcraft já chegaram às livrarias há algum tempo; e o ano de 2013 promete o lançamento de mais quatro livros baseados no universo de Warcraft, e 2 baseados no Diablo. Pelo tanto de investimento, já percebemos que o sucesso de ambas séries de livros é muito esperado pelos lideres da editora Record!

Mas, agora, que tal conhecer um pouco mais desses jogos adaptados para a sensibilidade e formato de um livro?


Diablo III: A Ordem Diablo III – A Ordem
Baseado no game Diablo III — lançado em março de 2012 nos Estados Unidos (e no início de junho no Brasil) após uma década de espera pelos fãs, com mais de 3,5 milhões de cópias vendidas em um dia e mais de 7 milhões em uma semana, quebrando diversos recordes de venda —, o romance narra a jornada épica de Deckard Cain, último sobrevivente de uma misteriosa e lendária ordem, Horadrim, na busca pelos outros integrantes perdidos, para salvar o mundo de Santuário das forças demoníacas do Inferno Ardente, anos antes dos acontecimentos do jogo. O autor, Nate Kenyon, é finalista do prêmio Bram Stoker, da Associação de Escritores de Terror


                Esse livro promete. Inspirado, como já podem ver, no RPG Diablo III, o romance, na verdade, contará uma estória anterior aos acontecimentos do próprio game. O autor do livro, Nate Kenyon, já foi finalista do prêmio Bram Stoker,  da organização Associação de Escritores de Terror. Como tal, impossível não pôr muitas esperanças no livro, não acham?



Marés da Guerra
          World of Warcraft – Marés da Guerra
O romance chega às livrarias logo após o lançamento do aguardado quarto conjunto de expansão para o jogo de interpretação on-line massivo para múltiplos jogadores mais popular do mundo, programado para 25 de setembro. Protagonizado pela renomada feiticeira Jaina Proudmore, que sempre lutou para manter a duradoura paz entre Aliança e a Horda, o livro relata o avanço dos conflitos entre os dois e prepara o palco para a nova expansão do jogo, Mists of Pandaria. Volume 11 da série de histórias independentes dentro do universo de World of Warcraft.




       Se o livro anterior prometia, creia, este promete mais ainda! Escrito por Christie Golden, autora de mais de 35 livros e vencedora de diversos prêmios, World of Warcraft tem como personagem principal a feiticeira Jaina Proudmore, que lutará para manter a paz entre a Aliança e a Horda. Como já era de se esperar, Christie, a autora,  é fã do jogo e já lançou alguns pequenos mangás e contos. E, convenhamos, a capa foi bem caprichada... Amei, amei!

          Mas... Será que essa moda de "ler jogos" vinga? 


Fontes: MMOTALES

9 comentários :

  1. Tomara que essa moda pegue e eles passem os jogos do Final Fantasy para livro! Amo aquela série *-*

    Desses jogos que viraram livros, vou ler Assassins creed (se eu tiver vida e saude haha) e quero ler god of war *-*

    ResponderExcluir
  2. O que eu mais quero ler com certeza é World of Warcraft !
    Dês da primeira vez que vi a capa do livro já me encantei *_*

    ResponderExcluir
  3. Quero ler Assassin’s Creed, mas tenho medo de não gostar, por não ser fã de jogos.


    Beijokas!

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Adorei o post! Faz um tempão que quero comprar Assassin's Creed e World of Warcraft - porque ler livos é mais barato que comprar o console e os jogos :/// Espero que a Nintendo entre na jogada e licencie livros de Zelda (me gusta Ocarina of Time =D) e Metroid.

    Tem meme para você lá no Labs and Tags http://labsandtags.blogspot.com.br/2012/11/meme-duplo-laco-de-incentivo-leitura_23.html

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Não sei se eu andava meio (ou totalmente) desinformado, mas o fato é que eu não sabia que essa "moda" de transformar games em livros tinha ganhado força.
    Adorei o seu post.
    Aliás, vale ressaltar o capricho dessas capas... Lindas!!

    beijos!!!

    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Uau Arine, a capa de Marés da Guerra é linda e tenho muita curiosidade de ler, de games só conheço Cavaleiros do Zodíaco e gosto muuuuuito *-*

    ResponderExcluir
  7. Eu não curto muito jogos, mas estou doida para ler Assassin’s Creed . Outro dia eu estava voltando do rio de janeiro para niterói, quando vi uma menina lendo esse livro, ela estava tão presa na história que me deu vontade de pegar o livro da mão dela pra ler um pedaço. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Desses eu só li Assassin's Creed. O primeiro eu gostei muito, só achei o final meio complicado, aí comprei o segundo e não consegui terminar. Fiquei traumatizada, mas acho que em algum momento vou tentar novamente.

    Thais Vianna
    @dathais

    ResponderExcluir
  9. Por quase uma semana inteira ouvi falarem desse Diablo III, mais ainda não procurei pesquisar por nenhum!!
    Mais me interessei por Assassin’s Creed!!!

    xoxo

    ResponderExcluir