Harmony Clean Flat Responsive WordPress Blog Theme

[Resenha] Vozes do Silêncio (Adriana Vargas)

domingo, outubro 28, 2012 Naiane Aline 12 Comments Category : , , , , , ,


Vozes do SilêncioAutora:  Adriana Vargas
Editora Modo (Livro ainda não lançado) Sinopse: Somente algo poderoso poderia libertá-la... Seu destino era a morte para salvar o mundo da terceira guerra mundial, fruto de uma maldição que comandava toda a Espanha. Década de 60 - rock in roll, revoluções e um amor impossível – Analy se apaixona por Vidal, militante rebelde, meio às crises políticas que assolavam a Espanha durante a ditadura dieguista, porém, ela não esperava que sua família guardasse um segredo tão maligno, capaz de separá-la definitivamente de seu grande amor. Consequências de um passado tenebroso, vinganças sombrias, vozes, visões e uma maldição cigana – estão por todos os lados, do começo ao fim. O mais forte vencerá num cenário de lutas, sangue, perdas, mistérios e o sobrenatural.


Resenha:
Mesmo depois de horas após ler o livro, ainda não sei direito o que escrever na resenha.  Nunca tive a oportunidade de ler algo da Adriana Vargas, e, quando a mesma – que é autora parceira aqui do blog – ofereceu essa oportunidade... Claro que não hesitei! Acho que posso dizer, para inicio de tudo, que nossos autores brasileiros realmente merecem um maior apreço nosso.Ler Vozes do Silêncio me mostrou que, talvez, tantas outras boas estórias escritas por punhos brasileiros possam ser também muito boas – mas não devidamente apreciadas.

“O amor a mantem viva, mudando o sentido da morte e o nome de todas as coisas.”

            Vozes do Silêncio é um romance histórico que consegue misturar romance e misticismo em suas belas páginas.  Tudo começa numa Espanha assolada pela ditadura dieguista. Analy, uma jovem espanhola, passa suas tardes tranquilas ouvindo seu querido rádio, se concentrando na voz calma de Vidal – o locutor de seu programa preferido. La vive numa família humilde, no interior espanhol; e, até sua adolescência, sua vida Ra de uma completa paz – apesar da ditadura que tomava conta do país, como um câncer maligno. Porém, a garota vê sua paz acabar quando um estranho moço, muito bem vestido, vai visitá-la... E ela descobre que aquele é seu noivo. Ela, tão nova, iria casar-se por conveniência, mesmo amando alguém que – ela bem sabia – talvez nunca visse: a garota estava perdidamente apaixonada pelo tal locutor, o Vidal.


            É importante ressaltar que a estória se passa na década de 60, o que culmina em dizer que, mesmo a garota batendo de frente com a decisão de casar-se, quem decidia isso não era ela. Se seu pai dizia que ela casaria com Juan, o jovem de belas vestes, ela casaria com Juan! Porém, calma, muita estória ainda vai rolar! O fato é que, estória vai, estória vem, Analy acaba por conhecer pessoalmente Vidal, e ambos apaixonam-se perdidamente um pelo outro.

“- E você a salvará através do amor. Ensinando-a a amar.”



            O interessante no livro não é o óbvio triângulo amoroso, mas o contexto no qual ele está enquadrado. Lembram-se que tudo acontece numa Espanha ditatorial? Pois é, Vidal é um dos que lutam bravamente contra o sistema. Sem contar todo o teor meio mágico que ronda a estória! De fato, muitas coisas estranhas acontecem, desde a primeira página do livro (sim, desde a 1ª!) até a última. Porém, tudo acontece de forma tão intrigante, que torna o livro totalmente viciante. Com certeza, contar mais detalhes sobre o fato – que envolvem desde ciganos à maldições – tirará muitas das surpresas que rondam o livro. Portanto, se contentem em saber somente isso! Haha.


            Quanto aos personagens, amei a todos! Sem exceções! O romance entre Vidal e Analy é do mais lindo, sem extrapolar o limite do adequado para um romance histórico, e deu um ar leve ao livro. Porém, apesar disso, tenho uma especial afeição pelo Juan... Apesar de tudo que possa acontecer no livro, todos os erros que esse personagem possa cometer, isso não tira dele sua beleza sincera e tão humana... Algumas vezes, cheguei mesmo a torcer que, por um algum motivo misterioso, Analy se apaixonasse por ele, rs. Sem esses personagens tão bem construídos, receio que o livro não teria sido o que ele foi... Os personagens foram os que, justamente, deu um toque especial em toda a estória.

“Desejou, muitas vezes, ser feliz pela mentira. A mentira, para Vidal, tornara-se a própria esperança de viver.”

            Entretanto, como nem tudo é um mar de rosas, o livro tem lá seus defeitos também. Algumas cenas me pareceram confusas, algumas outras foram corridas... Porém, isso não afetou a qualidade geral da estória, que continuou me prendendo e surpreendendo até o final.

            Em geral, gostei bastante do livro, apesar de seus pequenos defeitos. Para quem gosta de um bom romance histórico, super recomendo o livro! Porém, confesso que fiquei confusa quanto ao contexto da estória... Houve mesmo uma Espanha dieguista, dominada pela ditadura? Haha. O livro, como já informado, ainda não foi lançado, mas, assim que lançar, aconselho a todos os amantes de romances históricos que o leiam.

Nota: 9.0

RELATED POSTS

12 viciados comentaram

  1. Eu já o li e gostei! Quando ele for revisado tenho certeza que estará perfeito!!!
    Gostei também do juan, mesmo sendo o vilão mais ou menos eu queria que ele terminasse bem! mas fazer o que!
    Boa resenha!
    bjs
    http://leituradeouro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Devo dizer que sou apaixonada no Juan, tudo bem que ele fez as suas maldades, mas sempre, deixou a sua própria vida para cuidar da Analy, fiquei triste com seu final, pois queria mais dele. rsrsrsr

    Blog Amor literário: http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    Beijokas!

    ResponderExcluir
  3. Olá amore!!!!
    Gostei da resenha; Juan encanta secretamente até a mais humilde escritora e criadora dele.
    Quanto a Espanha dieguista, não podemos nos esquecer que o livro é uma ficção, e qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência. Fiquei relutante em colocar nomes reais, haja vista a legalidade jurídica que abrange nomes e coisas. Mas com uma trama fictícia, não existiria o menor problema. Espero poder sanar suas dúvidas. Abraços e obrigada. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  4. Nai, você tem uma escrita muito boa. Eu quero ler esse livro, mas como faz, se ele não tá em nenhum site ainda ? KKKKKKKKKKKKKKKK
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá, eu ainda estou lendo , portanto não tenho total propriedade ainda de afirmar qualquer coisa, mas de nenhuma forma eu vejo o livro como um romance histórico e sim um romance que se passa numa certa época e a autora dá alguns detalhes de como influenciava a vida cotidiana...
    Estou me deliciando, ainda ñ terminei por que para ler tem que imprimir, senão agrava um problema visual que tenho.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá, ainda não li, estou ansiosa e já sei que vou gostar:)

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia nem o livro, nem a autora. Capa linda e resenha muito boa, com certeza romances históricos conquistam e ainda intrigam para que busquemos se é verdade ou não esses dados

    ResponderExcluir
  8. Ah, esse livro *-*
    Esse foi o primeiro livro da Adriana que eu li e me encantei.
    Fiquei apaixonada pelo Vidal, mas o Juan também teve sua parte de encanto.
    Amei o livro, adoro livros com referencias históricas e ditadura sempre foi uma coisa que me chamou a atenção.
    Adorei a resenha :)
    Beijinhos
    http:/fulanaleitora.blgspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Eu já havia comentado em outro post sobre esse livro e me chamou a atenção também como disse a colega acima. A capa está fantástica e a sua resenha idem.
    Ah, e parabéns por postar uma resenha de um livro que nem foi lançado ainda.
    (:
    Um abraço!!!
    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Eu ainda não li esse livro e estou com muita vontade de ler, pois todas as resenhas e comentários que leio, são sempre positivas. Gostei demais da sua resenha.

    ResponderExcluir
  11. Amei a capa mais não sei se leria o livro ele não fez muito a minha cabeça!!
    xoxo

    ResponderExcluir