[Resenha] Branca de Neve e o Caçador

Um comentário


Branca de Neve e o Caçador
Diversos autores
Editora Novo Conceito
208 páginas


Sinopse:
Uma nova visão de tirar o fôlego de um conto lendário. Branca de Neve é a única pessoa na terra mais justa do que a Rainha má que pretende destruí-la. Mas o que a perversa Rainha nunca imaginou é que a jovem que ameaça seu reinado vem treinando na arte da guerra com um caçador que foi enviado para matá-la.

Resenha:
Posso confirmar que a estória do livro tem tudo para fazer o sucesso que vem fazendo. Primeiramente, achei estranho o fato de diversos autores estarem na capa do livro, mas logo entendi que um autor escreveu o livro, e os outros escreveram o roteiro do filme (por onde o livro foi baseado). Outro fato com certeza marcante, é a ótima diagramação que a Novo Conceito fez na obra... Nossa. Ficou muito lindo!

                Todos conhecem a velha (muito velha) estória de Branca de Neve. Esse conto-de-fadas foi o primeiro longa-metragem da Disney, isso há mais de 70 anos atrás, em 1937. A estória simplesmente ultrapassou gerações! Agora, temos uma versão menos romanesca e mais século XXI do mesmo conto-de-fadas. Começando pelo fato de que, obviamente, esse livro/filme não foi feito para crianças. (E é muito difícil resenhar o livro sem contar spoilers variados e gigantescos, acredite).

                O livro, basicamente, conta a estória de Branca de Neve, que foi aprisionada por Ravenna (a bruxa tida como vilã) logo após a mesma matar seu pai e dominar todo o reino. Ravenna, assim como no conto-de-fadas original, é dona daquela beleza estonteante que faz homens caírem aos seus pés; mas, mais do que obra de bons genes (digamos assim), sua beleza é fruto de magia. Sua magia, dada à ela por sua mãe, só se manterá forte enquanto ela possuir a maior beleza do reino... E Branca de Neve se mostrava como um empecilho à isso. Pior ainda: o espelho mágico lhe contou que Branca de Neve era a única que possuía um coração capaz de dar à Ravenna, não só poder, mas vida eterna. Logo, ela manda que matem Branca de Neve, e, diante da fuga da mesma, contrata um tal caçador para trazer o coração da jovem para ela. Mas será o caçador capaz de cumprir a ordem?

                Não sei se alguém notou, mas eu me referi à Ravenna, da primeira vez, como “tida como vilã”. De verdade, ela pode ser a inimiga do reino e de Branca de Neve, mas nem por isso ela se torna uma pessoa naturalmente má. O inicio do livro nos mostra parte de sua infância, e o porque de sua revolta para com o rei. Portanto, ela não era “má” sem uma justificativa! Espero que alguém tenha fixado os olhos nisso. Além dela, também o Caçador e diversos outros personagens se mostram com personalidades muito reais. Eles são frutos de um passado; e, para mim, isso eleva demais a estória da obra. Além disso, tudo é contado com uma narrativa muito bem construida e eficaz. Perfeita.

                Entretanto, como tudo tem seu defeito, não podia ser diferente com esse livro. Não sei se isso é fruto do meu costume de ler grandes obras de literatura fantástica desde pequena, como os livros de Tolkien e Christopher Paolini, mas achei Branca de Neve e o Caçador um livro com pouquíssima estória. Não significa que a estória foi fraca, mas que houveram poucos fatos que contribuíram para a maior riqueza do que lemos. Não sei se só eu achei que 208 páginas, para um livro com esse tema, é maldade para com os leitores. Defeito do livro: MUITO CURTO! Haha.

Nota: 9
Ass.: Arine-san

Um comentário :

  1. Mais uma grande resenha (falo "grande" no sentido de "boa") rsrs.
    Enfim...
    Como já disse em outras postagens que comentei por aqui, esse tipo de literatura não me cativa muito, mas devo me render à alguns aspectos deste livro que considerei interessante. Por exemplo, o fato de a "maldade" da bruxa ter uma justificativa no passado. Afinal, maldade gratuita torna qualquer narrativa inverossímil...
    Parabéns pela resenha!
    Nota 9 para o livro? Você é mesmo exigente, hein?!
    rsrsrs
    Voltarei mais vezes...
    Abraço!

    ResponderExcluir