Harmony Clean Flat Responsive WordPress Blog Theme

Proposta Irresistível (Mallory Rush)

segunda-feira, março 12, 2012 Naiane Aline 3 Comments Category : , , , , , , ,


                                                 Proposta Irresistível
Autora: Mallory Rush
Editora Nova Cultura
124 páginas
(Esse livro é de 1997! *-*)   

Sinopse:
PROCURA-SE UM HOMEM QUE SATISFAÇA A MULHER MAIS EXIGENTE...


A última coisa que Claire 0'Hara pensava em fazer na vida era recorrer a uma agência de encontros por computador, em busca de companhia. Mesmo assim, decidiu falar com Graham LeFarge, proprietário de uma delas. Ele não só aceitou o desafio, como prometeu-lhe arranjar um namorado romântico, carinhoso e sensual... A proposta de Graham era boa demais para Claire resistir!


Resenha:
Apesar de suas pouquíssimas páginas, esse é um dos romances de banca mais profundos que já li... Somos convidadas (aos poucos homens leitores deste blog, digo que vocês também o são) a entrarmos na estória impressionante deste casal, que parece estar envolvido não num triângulo amoroso, mas num quarteto! Isso, no melhor tom de um romance de banca da série Momentos Íntimos (que nunca me decepciona, haha). Livro imperdível, e pretendo convencê-la a perceber o mesmo.

                Apesar da sinopse do livro começar com um apelo até assustador, fazendo nossa protagonista, a Claire O’Hara, parecer uma desesperada superexigente, não é nada disso que vemos de fato no livro. Tudo começa com um serviço de relacionamento, no maior estilo de “ache seu par perfeito. Basta um Clique!”. Acho que é importante notar que, na época em que o livro foi lançado, não havia nada dessa comodidade que nós, as encalhadas (haha), podemos aproveitar na internet. Mas a estória começa assim mesmo: Claire é uma analista, e uma de suas pacientes acabou recaindo em sua doença sentimental, após ter o coração partido ao se envolver com um serviço no qual você conhece seu par ideal. Claire, então, como uma boa analista preocupada com sua cliente, decide entrar em contato com a agência, dizendo poucas e boas ao Sr.Diretor e sua gangue... Ela, dona, também, de uma coluna num jornal (ou algo parecido), mal podia saber que o diretor da empresa que ela criticara tanto, era seu mais fiel fã, leitor assíduo de sua coluna. Então, Claire, sem nem ao menos tê-lo visto pessoalmente, ou saber quem ele é, lhe lança um desafio: se ele achar o par perfeito para ela, ela pedirá desculpas públicas e retirará qualquer tipo de critica que tenha feito à empresa. Graham, o diretor, aceitou o desafio até com muito prazer.

                O interessante da estória toda, com certeza, é que Graham decide adquirir um pseudônimo e começar a conversar “virtualmente” com a Claire. Eles tinham muito em comum, inclusive no fato de que ambos eram colecionadores de diplomas e amadores de coisas que ninguém mais ligava. Mas, juntamente com o relacionamento que Claire, usando o pseudônimo de Mônica (apesar de Graham já saber seu nome verdadeiro e já ter lido toda sua ficha), mantêm com Daniel, o pseudônimo de Graham, ela também se sente estranhamente atraída pelo Sr.Diretor Graham... Ai, a estória começa a ficar mais complicada... Graham sofreu um acidente, anos antes, e isso mexeu intensamente com ele e com o que ele acha de si próprio e de sua personalidade. Usando o pseudônimo de Daniel, ele começa um relacionamento “virtual” realmente sério com Claire, e se sente cada vez mais atraído por aquela mulher. Por isso, decide conversar com ela pessoalmente... mas sem que ela saiba que se trata do Daniel. Ele se apresenta como realmente o é: Graham. Graham, o homem cheio de problemas consigo mesmo, inteligente e que se incomoda com sua atual aparência. Ele queria que ela o amasse como ele o era, assim, fora do campo virtual. E, agora, Claire se vê confusa, gostando de dois homens diferentes: de seu Daniel, o romântico que a fez sentir-se mulher novamente, e de Graham, aquele homem tão profundo que zombava dela constantemente. E este, ainda por cima, dizia à Claire que gostava de uma mulher com codinome Rosa... Claire, interiormente, morria de ciumes dessa mulher com nome de flor, mas mal sabia Claire que, para Graham, a rosa seria sempre ela. 

                É muito engraçado ver que, na verdade, Claire não faz ideia de que Graham é Daniel! O caso chega a ser tão extremo, que Graham chega a sentir ciúme de Daniel... de si mesmo! Hahaha. É muito difícil resenhar o livro, porém, porque a estória é muito mais complexa do que simplesmente isso... Tanto Graham quanto Claire possuem seus problemas com o passado, e sentem medo de entregar-se á paixão. Mas, sinceramente, Graham é um verdadeiro romântico! As cartas que ele mandava para Claire, usando o pseudônimo de Daniel (claro), eram cada uma mais fofas que as outras! Meninos, aprendam com ele(!). O final é bem obvio, claro, e a narrativa é perfeita, apesar do livro ser tão curtinho. Creio que Proposta Irresistível é só mais uma prova de que os antigos romances de banca eram muito superiores aos lançados atualmente...
Nota: 10!
Ass.: Arine-san

Extra.: Pedido de casamento perfeito, em forma de carta:
Sou um homem honesto. E, com sinceridade, se tivesse de fazer tudo de novo, não alteraria quase nada. Só me arrependo de tê-la deixado pensar que Daniel, meu segundo nome, aliás, fosse imune às fraquezas humanas. Isso é um santo, não um homem. Eu sou um homem, Claire. Tenho defeitos, mas conto com algumas virtudes compensadoras. A paciência, porém, não é uma delas. Não fique muito tempo chorando suas mágoas. Sei que elas existem e que eu sou o responsável. E natural que deseje me punir por isso. Então... vá em frente! Vingue-se, casando-se comigo. Afinal, existe vingança mais doce do que passar o resto da vida me infernizando? Até breve, querida.
P. S.: Embora eu saiba que você adora champanhe, impor­ta-se de guardar uma? Para nossa noite de núpcias, é claro.” – Graham.

RELATED POSTS

3 viciados comentaram

  1. embora tenha apenas 124 paginas, parece que é bem movimentado! interessante!

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua resenha. Me empolguei pra ler o livro agora!! Parece interessante!! E que pedido de casamento!! :)

    ResponderExcluir
  3. É nessas horas que lembro que tenho dois romances de banca pra ler que comprei e vivo passando outros na frente. Adoro resenhas desses livros, me fazem viajar para a minha adolescência.

    Beijos
    Leitora Incomum

    ResponderExcluir