Totalmente demais (Carly Phillips)

2 comentários
                                                Totalmente Demais
Autora: Carly Phillips
Editora Harlequin Books
394 páginas

Sinopse:
As irmãs Kayla e Catherine Luck são a encarnação dos sonhos de qualquer homem: lindas, louras e sexies. Kane McDermott e Logan Montgomery nem desconfiam que vão se envolver em uma grande enrascada aproximando-se de Kayla e Cath. Detetive disfarçado, Kane investiga uma rede de prostituição que pode ter sua sede na escola de etiqueta Charme!, dirigida por Kayla. Logan é um advogado de uma família tradicional sem nenhuma pretensão a carreira política. Para convencer seus pais de suas intenções nada nobres, ele quer se casar com Catherine, cujo passado nebuloso é a garantia para que Logan seja preterido a qualquer cargo público. "Totalmente Pecadora" e "Totalmente Escandalosa": dois contos de fadas modernos e cheios de erotismo e sensualidade escritos por Carly Phillips, uma das maiores autoras de histórias de amor nada convencionais da atualidade.

Resenha:
Hey, isso é um chick-lit à la romance de banca? De fato, Totalmente Demais tem cara, jeito, dizeres e formato de um romance de banca... Porém, é chamado de chick-lit e tem o preço de um. Pode isso? Me senti levemente enganada (haha), mas isso não quer dizer quer o livro é ruim.... Quer dizer que eu estava esperando um livro de um gênero, e me aparece um (lobo em pele de cordeiro) totalmente com a cara de um Momentos Íntimos (série de romances de banca).  Mas a escritora é muito boa. Muito mesmo.


O livro é dividido em duas estórias, o que já é, inicialmente, estranho para um chick-lit, não acha? Nessas duas estórias, somos apresentadas à duas irmãs que são muito unidas, e sofreram com o abandono do pai e a falta de cuidado da mãe, o que acabou por torná-las um pouco esquivas. Kayla e Catherine possuem quase a mesma idade, com diferença minima, e sempre chamaram atenção por suas belezas exóticas e corpo sexy. Kayla, das duas, é a que tem um corpo mais vantajoso... e a que mais se esconde. Dotada de uma inteligência acima do normal, ela devora livros (hey, alguém ai se identificando com a personagem?xD) e se ditancia o máximo de homens. Isso até que seus tios morrem... E, com a morte deles, ela tem que toamr conta da empresa da família. Não sabia ela o quão o nome da empresa estava afundado em tramas secretas, e que o detetive Kane, com que ela passara uma noite maravilhosa, estava tentando achar pistas sobre o caso. Com o nome da família à um passo de um escandalo, e a proximidade quase que obrigatória de Kane em sua vida, que transformações pode ocorrer na vida da inocente Kayla?

            Já Catherine... Ah, essa é uma outra estória (pior que literalmente falando, haha). Enquanto na estória de Kayla temos algo que envolve mais mistério, e um envolvimento com muito mais quimica entre os personagens, Catherine, eu diria, tem uma estoriazinha mais calma. Na verdade, tudo se resume a um fato: Logan, um advogado vindo de uma família rica, queria uma chance com aquela intrigante mulher. Ele quer ser dono de sua própria vida, e por isso rejeita o dinheiro de sua família. Apesar  disso, Catherine, que não gosta muito de ricos, continua dizendo que ambos são de mundos diferentes... O que Logan pode fazer para Catherine entender que é ao contrário e que podem ser felizes juntos?

            Só mais uns comentários simples: os mocinhos são perfeitos! As duas estórias são muito boas, totalmente no estilo Momento Íntimos, como eu já disse, mas preferi a 1ªestória... Sei lá, tinha mais emoção, e ainda temos a ajuda do mistério (mesmo que não seja lá muito explorado pela autora) que envolve as atividades da antiga empresa da família de Cath e Kayla. Sem contar que Kayla e Kane têm uma quimica perfeita, né? Rs. Enfim, o livro é bom, mas, definitivamente, NÃO É UM CHICK-LIT!

Nota: 8.5


Ass.: Arine-san

2 comentários :

  1. Oi Arine-san, tudo bem?

    Muito lindo seu blog viu, já estou te seguindo!

    Ah, como assim um chick-lit à la romance de banca? Que legal, gosto muito de bons romances de banca, e eles no estilo chick-lit devem ser super engraçados. Ainda não tinha lido nada sobre esse livro, mas fiquei bem curiosa!

    Beijos

    Pah, Livros & Fuxicos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi *-*

      Haha. Chick-lit à la romance de banca, porque o livro diz ser um chick-lit mas tem mais caracteristicas de um romance de banca do que de um chick-lit. Então eu digo que ele é um chick-lit mutante, temperado com cenas de romance de banca. ^^

      Beijos, viu?

      Excluir