#Andei vendo filme Uma história de amor (2007)

Um comentário
Olá, leitoras! Não sou fã de televisão nem curto passar duas horas sentada assistindo filmes, mas, como à toda regra há uma exceção, venho hoje coma a resenha de um filme - não um filme muito bom, mas, bem, ele é bonitinho (haha). Aliás, a atriz principal me parece com aquela de Um Amor Para Recordar. Pela capa do filme não dá para perceber muito, mas, durante o filme eu realmente comecei a achar que a atriz era a mesma daquele filme tristonho, e também daquele Dez Coisas que Odeio em Você... Será que estou enganada? (haha).
                                      Download Baixar Filme Uma História De Amor   Dublado

Sinopse: 
Um anti-social e emocionalmente complexo autor de livros infantis de sucesso é forçado a trabalhar com uma bela ilustradora, depois que seu melhor amigo e colaborador criativo morre. Enquanto Henry Roth luta para deixar os fantasmas de amor e vida irem embora, ele descobre que talvez seja necessário um pouco de dedicação. e que talvez a sua inspiração para o seu trabalho e para sua vida esteja do seu lado.

FICHA TÉCNICA
Diretor: Justin Theroux
Elenco: Bob Balaban, Charlene Biton, Peter Bogdanovich, Bobby Cannavale, Billy Crudup, Martin Freeman, Cassidy Hinkle, Christopher Grey Misa, Mandy Moore.
Produção: Daniela Taplin Lundberg, Galt Niederhoffer, Celine Rattray
Roteiro: David Bromberg
Fotografia: Stephen Kazmierski
Trilha Sonora: Ed Shearmur
Duração: 95 min.
Ano: 2007
País: EUA
Gênero: Comédia Dramática
Cor: Colorido
Distribuidora: Não definida
Estúdio: Plum Pictures

Resenha:
Se você leu a sinopse e achou-a estranha (e por isso mesmo quer ver o filme), não se preocupe porque não vai se decepcionar. Certo, já assisti dos filmes mais variados e fantasiosos, com coisas que você certamente não você certamente não encontra com facilidade, mas nunca assisti um em que o personagem fosse tão... Estranhamento retardado (e não de uma forma engraçada, e sim muito séria. Um retardado muito sério e problemático.). Henry, nosso retardado mocinho, é um homem estranho e cheio de problemas (de especie mental, diga-se logo), que extravasa seus medos e ansiedades através de manias. Quando se sente angustiado, acredite se quiser, ele se deita e começa a colocar coisas pesadas (muito pesadas) em cima de si mesmo. Diz ele que isso é um santo remédio; para mim, é só prova de como ele é louco. Mas, bem, isso prova o quão nosso mocinho é estranho.... O pior é que ele é escritor de estorinhas infantis, mas seu perfil é de mais um depressivo no mundo, que necessita urgentemente de psicólogos e calmantes taxa preta. Isso até sua vida mudar rapidamente...

           Logo no inicio do filme, o cartunista que o ajudava a desenhar e montar os livros infantis (que trabalhava, também, em tempo integral, exercendo o papel de seu melhor amigo), morreu. Com isso, Henry, que já era louco de pedra, ficou pior ainda. Estado de depressão profunda, eu diria. E não queria trabalhar, ou pensar em continuar a escrever seus livros, que vendiam muito e rendiam uma boa grana para a editora. Como seus livros eram muito famosos, seu chefe não aceitava que ele parasse de escrever e acabou por contratar Lucy, uma mulher gentil e que precisava de dinheiro. O problema é que é humanamente impossível trabalhar com Henry, se ele mesmo não quer, já que ele é um grosseirão de primeira - mais um defeito para acrescentar na imensa lista dele, acho eu. De um jeito ou de outro, mesmo com Lucy sentindo-se um pouco mal no inicio, acabaram se entendendo e começando a se dedicar ao livro infantil.

          Pode parecer um filme sem conteúdo, e talvez o seja, mas até que é um pouco interessante. Além disso, quando Henry não está se esforçando para parecer um mau sujeito e tenta ajudar Lucy a ter inspiração para o livro, até que ele se torna um pouco fofo - do jeito dele, mas, é; muito melhor que nada. Pela sinopse, sinceramente, eu esperava uma comédia - não sei porque, mas foi o que esperei. Ao invés disso, me deparei com uma estória com um personagem melancólico e dramático. E o final... Não estou dizendo que não gostei dele, mas, sinceramente, pareceu que o diretor do filme não tinha mais nada para botar e botou aquilo. Ou que o dinheiro da produção acabou e precisaram encurtar a obra. O final foi incrivelmente sem nexo! Acontece simplesmente do nada! 

          Fora isso, acho que, para quem gosta de filmes de romance (prefiro os de comédia e fantasia medieval, ok?), acho que Uma História de Amor é uma boa pedida. E, se você for uma pessoa bem-humorada, poderá conseguir rir de algumas partes, quem sabe. 

Nota: 7


Um comentário :

  1. Já vi uns filmes que os protagonistas são cheios de manias e pelo menos nas minhas experiências, pois já assistir filme pra dedeu, gostei deles ^^
    Ixi, mas esse parece bem doidinho mesmo XD
    Até parece uma estória interessante e tal... Até que assistiria :D
    Já assistir tantos filmes com finais, um mais maluco que o outro ¬¬'
    Não conhecia o filme, não é tipo, uma prioridade, mas quem sabe eu top com ele e o assista XD
    Bj flor!

    -Amigas Entre Livros-

    ResponderExcluir